22 de outubro de 2016

Excelente vinho uruguaio: Mburucuyá Assemblage Collection - Edición Limitada

Nome: Mburucuyá Assemblage Collection - Edición Limitada
Safra: 2011
País: Uruguai
Região: Canelones
Produtor: Antigua Bodega Stagnari

Uvas/Corte: Syrah, cabernet franc, merlot, tannat e sangiovese
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: Cortiça

Comprado em: Janeiro de 2015
Onde compramos: Vinos del Mundo, em Punta del Este, Uruguai
Quando foi degustado: 4 de outubro de 2015
Degustado em: Bottega del Vino, no Leblon, Rio de Janeiro
Harmonizado com: Pera (glaçada com gorgonzola, nozes e salada verde), p
eito de peru recheado (tornedor de peru com fricaseé de batatinha e cogumelos) e tiramisú / Bruschetta (com tomate, mussarela e pesto de manjericão), filleto (medalhão de file com 5 pimentas e gratin de batata) e mil folhas de creme e calda de frutas
Com quem: Claudio e Rafaela

Impressões da Rafaela

O dia amanheceu nublado e não demorou para cair uma chuvinha fina. Claudio foi correr na academia e eu fiquei escrevendo sobre as minhas hemerotecas. Quando ele voltou resolvemos ir almoçar no Leblon. Queríamos aproveitar duas promoções que estavam rolando no Rio: a Restaurante Week e o Rio Rolha Zero, que faz parte do Rio Wine and Food Festival. A escolha não poderia ter sido melhor. A Bottega do Vinho é excelente. Os pratos estavam deliciosos, assim como o clima. O vinho acompanhou o almoço de forma magistral. Creio que na próxima viagem ao Uruguai iremos comprar mais uma garrafa. Ótima compra.

Comentário do Claudio
Uma excelente surpresa. Comprei este vinho em Punta del Este. Fiquei bastante curioso com o corte de cinco uvas. Como era de um produtor tradicional, resolvi comprar para provar. Quando fui pagar o vendedor me falou: "Este vinho é um 'Chateauneuf du Pape' uruguaio". Sempre fico com um pé atrás com afirmações deste tipo, mas ao menos serviu para deixar com curiosidade. Aproveitamos o Rio Rolha Zero para levá-lo à
 Bottega del Vino e prová-lo. Como dito, foi uma excelente surpresa. Um vinho muito bem feito, seguindo um estilo mais velho mundo, muito equilibrado e ainda com potencial de envelhecimento. Boa acidez, taninos finos, bom final de boca. Um vinho muito interessante e marcante. Gostaria de ter mais uma garrafa dele para ver seu envelhecimento.

Um comentário:

Rodrigo Rosa disse...

Belo vinho. Tem Cabernet Franc, show!!!!! :)