21 de janeiro de 2016

Experiência ótima como sempre na Casa do Chef Bistrô

Nome: Castoro Cellars / Falernia Reserva
Safra: 2006 / 2010
País: Estados Unidos / Chile
Região: San Miguel / Elqui Valley

Produtor: Castoro Cellars / Viña Falernia

Uvas/Corte: Petite Sirah / Carmenère e syrah

Teor alcoólico: - / 14,5%
Rolha: Cortiça
Preço: - / Presenteado pelo Deco Rossi como prêmio do Bolão da Copa 2014

Degustado em: 5 de junho de 2015
Onde Bebeu: Restaurante Casa do Chef Bistrô, em Teresópolis
Harmonizado com: Menu do dia da casa
Com quem: Claudio, Rafaela, Gilberto e Julia


Comentário do Produtor 
Falernia: Grapes come from 3 different vineyards of the Elqui Valley; they have been handpicked, de-stemmed and crushed separately. The winemaking was as the same as the Syrah and the Carmenere. After aging in barrels (40% of the volume for 6 to 8 months) and stainless steeln the wine has been blended just 3 months before bottling. Tasting Note: Bright and deep colour. The wine shows a good fruit concentration; on the nose black pepper, red fruit, dark chocolate. Great body with soft tannins on the palate.

Impressões da Rafaela
Acompanhados pela Julia e pelo Gilberto viajamos a Teresópolis com dois propósitos: almoçar na ótima Casa do Chef Bistrô e conhecer a Villa St. Gallen. Chegamos a Teresópolis já para o almoço. Joffre e Leo, os simpáticos chefs da Casa do Chef Bistrô, nos apresentaram o cardápio e passamos três horas muito agradáveis, bebendo bem, comendo melhor ainda. Depois de uma passadinha no hotel, no início da noite, seguimos para a Villa St. Gallen. No geral, gostamos, mas há vários pontos no atendimento que poderiam ser melhorados. Tudo demora, o atendimento é feito de maneira meio distraída. A comida é boa e as cervejas também. Voltamos no dia seguinte ao Rio, chegando à Barra na hora do almoço. Fomos almoçar no Rei dos Assados. Gilberto, Julia e eu dividimos um vinho chamado Quinto Elemento, vinho simples, que atendeu ao que procurávamos, um bom acompanhamento para o almoço.

Comentário do Claudio

Dois bons vinhos que harmonizaram perfeitamente em uma tarde mais que agradável em Teresópolis, mais precisamente na Casa do Chef Bistrô, restaurante do meu amigo Joffre. É sempre uma ótima experiência ir à Casa do Chef Bistrô, e quando temos bons vinhos, melhor ainda. O primeiro vinho que bebemos foi um diferente corte de Syrah com Carmènere, vinho chileno que ganhei do amigo Deco Rossi. De boa estrutura e bem equilibrado foi um vinho que me surpreendeu. O segundo vinho da tarde foi escolhido pelo Joffre, um americano da uva Petite Syrah. Vinho bem agradável, com notas mais adocicadas, algo de geleia, mas sem ser enjoativo. Vinho fácil de beber e que acompanhou bem a comida. Almoço dos mais agradáveies. Recomendo a quem estiver por Teresópolis procurar o Joffre em seu Bistrô.

Nenhum comentário: