17 de novembro de 2014

Vinhos do Galvão Bueno são apresentados no Winebar #winebar

Nome: Bueno Paralelo 31 / Bueno La Valletta
Safra: 2011 / 2011
País: Brasil / Itália
Região: Campanha Gaúcha / Toscana
Produtor: Bueno Wines

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon, merlot e petit verdot / Sangiovese
Teor alcoólico: 14% / 14%
Rolha: Cortiça
Onde foi comprado: Gentilmente nos enviado pelo Winebar
Degustado em: 17 de novembro de 2014
Onde bebeu: Em casa, no Rio
Harmonizado com: Queijos, pães feitos em casa, azeite e aceto
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Análise Visual: elevada intensidade corante com tonalidade vermelho rubi, profundo.
Análise Olfativa: aroma penetrante de fruta de casca escura e madura, elegantes notas de tosta e de tabaco de charuto.
Análise Gustativa: denso e equilibrado, com refrescantes notas balsâmicas e uma acidez fixa muito balanceada
Análise visual: rubi de média intensidade com reflexos brilhantes, típicos da variedade.
Análise olfativa: fruta vermelha, como a cereja, rosas e folhas secas dominam a paleta de aromas. Ameixas secas, caramelo e notas balsâmicas completam a grade olfativa.
Análise gustativa: equilibrado, fresco, acidez jovial, final frutado e persistente.

Impressões da Rafaela
Este Bueno Paralelo 31 é um vinho para ser bebido sem grandes compromissos. Vinho que vai bem com diversos tipos de comidas. É daqueles vinhos-coringa. Já o La Valletta é um vinho de mais respeito, mas que também vai agradar a todos, dos iniciantes aos com boa litragem. Vinho fácil de beber, amigável, sedoso e que combina com grande variedade de pratos - pelo simples fato de ser feito para não atrapalhar.

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Mais uma boa edição do Winebar, desta vez com a presença do enólogo Roberto Cipresso, responsável pela produção dos vinhos do narrador Galvão Bueno, no Brasil, na região da Campanha Gaúcha e na Itália, região da Toscana. Provamos dois vinhos. O brasileiro Paralelo 31, vinho que já tinha provado em outra safra e que mostrou evolução nesta safra atual, mostrou em boca uma mistura de frutas maduras com pimenta preta, arredondado pela madeira. Vai bem com comida e não deve ficar respirando muito, pois com o tempo aberto ele perdeu um pouco. O vinho italiano provado foi o La Valletta, um gostoso Sangiovese, redondo, de corpo médio e boa acidez. Vinho muito agradável, com taninos bem redondos, leve nota de madeira. Irá bem tanto sozinho como com comida. Um vinho muito fácil de se gostar. O Galvão parece muito bem assessorado e vai ser interessante ver como Cipresso irá conduzir a produção no Brasil.

Nenhum comentário: