1 de outubro de 2014

Peruzzo Cabernet Franc 2012, boa surpresa da Campanha Gaúcha #cbe

Nome: Peruzzo
Safra: 2012
País: Brasil
Região: Bagé, Campanha Gaúcha
Produtor: Vinícola Peruzzo

Uvas/Corte: Cabernet Franc100%
Teor alcoólico: 13,9%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 59,00
Onde foi comprado: Bergut
Quando foi comprado: 19 de setembro de 2014
Degustado em: 16 de junho de 2014
Onde bebeu: Em casa, no Rio de Janeiro
Harmonizado com: Polpettone Voilá com massa caseira
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
A vinícola Peruzzo se propôs a recuperar a variedade Cabernet Franc, introduzida no Brasil nos anos 70 e posteriormente abandonada, acreditando em toda sua capacidade de adaptação ao terroir da Campanha Gaúcha e sua potencialidade para elaborar vinhos tintos frescos, ligeiros, amáveis e envolventes. E essas características constituem o maior atributo deste vinho Cabernet Franc Peruzzo, saboroso e fácil de beber. A cor é vermelha rubi de boa intensidade, brilhante, seus aromas são refinados, intensos, lembram frutas frescas e o sabor é agradável, intenso e marcante.

Impressões da Rafaela
Bem gostoso este vinho que o Claudio comprou escondido. Aproveitou que eu fiquei fora durante a semana para aparecer com uma garrafa nova. Temos vinhos para vários anos em nossa adega, mas de vez em quando ele não resiste. Este é um vinho bem gostoso.

Comentário do Claudio
Exame visual: Rubi intenso
Exame gustativo: Para quem gosta de um bom Cabernet Franc como eu, vai se surpreender com este vinho. Feito com uvas da região de Bagé, na Campanha Gaúcha, sob a supervisão do mestre Adolfo Lona, este vinho mostra muitas qualidades. Tendo paladar bastante original e com personalidade, mostra no início notas achocolatadas e com leve nota vegetal característica da cepa. Vinho muito bem feito, perfil jovem, intenso em boca, evoluiu com um tempo aberto. Em taça, abrindo notas de frutas maduras, ficando mais amável. Final de boca intenso com notas vegetais. Uma novidade no mercado que devemos ficar de olho. Este vinho mostra uma boa adaptação da Cabernet Franc na região de Bagé. vale prestar a atenção às próximas safras deste vinho. Recomendo. Ele é vendido na vinícola por cerca de R$ 35. Aqui no Rio, porém, custou R$ 59. Acredito que a marcação poderia ter sido mais favorável aos consumidores.

Nenhum comentário: