8 de julho de 2014

Achaval Ferrer Malbec 2011, um vinho que merece ser provado

Nome: Achaval Ferrer
Safra: 2011
País: Argentina
Região: Pedriel
Produtor: Achaval Ferrer

Uvas/Corte: Malbec 100%
Teor alcoólico: 14,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: Gentilmente oferecido pelo Mauro
Degustado em: 27 de abril de 2014
Onde bebeu: Casa da Marcela e do Mauro
Harmonizado com: Risoto com filé
Com quem: Claudio, Marcela, Mauro e Regina Helena

Comentário do Produtor
Intense, pure, full colours and young aromas. This wine completes our vision of Malbec. We wish
to honour the insignia variety of Mendoza. We want to emphasize all the characteristics of this unique cepage. Our work in the vineyards reinforces leaf system over root system, and emphasizes the soul of the fruit. Our objective is to preserve the vertebral column of variety as the first step of a trilogy that continues in ascending stairs with Quimera – a design wine - and Finca Altamira, Finca Bella Vista and Finca Mirador, through which we showcase the expression of terroir. The wine was aged during 9 months in French Oak barrels. We took special care to preserve the necessary balance between wood and fruit without losing its spontaneity.

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: A Achaval Ferrer é uma vinícola de que gosto bastante, pois produz vinhos muito consistente e que alta qualidade. O vinho mais "básico" deles é exatamente este malbec. Já tinha provado este vinho em outras oportunidades, sempre gostei dele, mas não me chamava tanto a atenção. Nas duas últimas safras, incluindo este 2011, a coisa mudou de figura. Achei que houve um grande salto de qualidade, conseguiram equilibrar muito bem a potência típica de alguns malbecs argentinos com uma elegância muito interessante. O resultado é um vinho envolvente, com notas de frutas maduras, sem exageros, com boa acidez e final agradável. Vinho muito bom, com um estilo marcante e interessante, um vinho que merece ser provado agora ou que ainda se pode esperar mais uns dois anos na garrafa, pois deverá crescer.

2 comentários:

Gustavo Belli disse...

O Achaavl-Ferrer é um dos grande Argentino que nunca bebi, tenho curiosidade sobre ele.

Abraço!
@GusBelli

Le Vin au Blog disse...

Nós gostamos muito desta vinícola também Gusbelli. :)

Um abraço,
Rafaela