31 de maio de 2014

Noite com inspiração e hospitalidade uruguaia

Nome: La Caballada / Los Vientos
Safra: 2011 / 2010
País: Uruguai / Uruguai
Região: Salto / Atlantida
Produtor: H Stagnari / Viñedo de Los Vientos
Importador: -

Uvas/Corte: Tannat / Tannat
Teor alcoólico: -
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em:  7 de março de 2014
Onde Bebeu: Casa do Tiago e da Débora
Harmonizado com: Panquecas de ricota, salada mista e arroz negro
Com quem: Claudio, Rafaela, Tiago e Débora

Comentário do Produtor
-

Impressões da Rafaela

Realizamos um sonho neste dia. Gostamos muito de convidar amigos para virem jantar aqui em casa, mas com raras exceções somos convidados para jantares na casa de nossos amigos. Então não poderíamos ter ficado mais felizes quando Tiago e Débora nos chamaram para jantar na casa deles. Débora caprichou! Tudo estava delicioso. Para completar, ela ainda pensou em uma sobremesa que não tem erro: doce de leite! Levamos um vinho uruguaio que tínhamos em casa e ela abriu outro muito gostoso. Foi ótimo! Muito obrigada!

Comentário do Claudio
Rótulo: 
-
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo
Uma noite verdadeiramente uruguaia! Assim foi o nosso agradável encontro e jantar na casa dos amigos Tiago e Débora, que é uruguaia. Bebemos dois vinhos durante o jantar e, mesmo sendo dois Tannats Uruguaios, os vinhos tinham perfis bem diferentes. O primeiro vinho da noite foi o La Caballada, um Tannat mais leve e amigável, com taninos macios, um  tinto bem agradável. Na sequência, abrimos o Tannat dos Viñedo de Los Vientos, vinho que há 2 anos foi uma das garrafas recebidas do clube W. Lembro-me de que na época li algumas críticas ao vinho e resolvi esperar um pouco antes de abrir. Vinho de um estilo que gosto muito e que ainda poderia ficar mais um tempo na garrafa. É um Tannat de estilo mais rústico e gastronômico. Taninos marcados, o vinho evoluiu muito em taça, o que sugere colocar no decanter um tempinho antes de se beber. Foi bem com a comida. Gosto dos vinhos desta vinícola e com este não foi diferente. Acho que ainda vai ficar melhor com mais alguns anos. Nossa noite uruguaia ainda contou com músicas daquele país e um Lapataia de sobremesa.

Nenhum comentário: