18 de maio de 2014

Jantar em Garibaldi com espumante Almaúnica e um Terragnolo Marselan

Nome: Almaúnica / Terragnolo
Safra: - / 2011
País: Brasil
Região: Vale dos Vinhedos
Produtor: Vinícola Almaunica / Terragnolo
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay / Marselan
Teor alcoólico: 12% / 14%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: Trattoria Primo Camilo, em Garibaldi
Degustado em: 22 de janeiro de 2014
Onde Bebeu: Trattoria Primo Camilo, em Garibaldi
Harmonizado com: Provoleta e massas
Com quem: Claudio, Rafaela, Alexandre e Vanessa

Comentário do Produtor
Almaúnica - Elaborada com 100% uvas Chardonnay. De coloração amarelo palha sutil, com nuances esverdeados. Aromas frescos que remetem a fruta. Na boca, se mostra muito agradável, leve, persistente, com notas de pão tostado, frescor cítrico e boa cremosidade. Apresenta perlage fina, intensa e persistente. Seu processo de espumantização acontece na própria garrafa, como no método tradicional fracês, por um período de doze meses.
Terragnolo - Rubi profundo com reflexo púrpura. Nariz poderoso e crocante, aromas concentrados de geléia de frutas negras (amoras e ameixas), coco, especiarias, chocolate escuro e algo lácteo sobre um fundo terroso. Na boca subscreve plenamente o nariz com frutado exuberante, suculento e gostoso. Taninos potentes contrabalanceados por acidez de viés gastronômico a formar um vinho de perfil moderno e que demonstra o potencial da região.

Impressões da Rafaela
Nosso segundo dia de passeios pelo Vale dos Vinhedos. Depois de um bom café da manhã no Farina Park Hotel, seguimos para a Vinícola Geisse, onde havíamos agendado uma visita. O almoço acabou sendo ali mesmo, pois as empanadas estavam muito boas! Mais tarde, passamos na Vinícola Valmarino. A tarde estava quente e nos lembramos da piscina do hotel. Rumamos para lá e ficamos até o cair da noite. Menos o Claudio que estava supergripado e resolveu tirar um cochilo. Alexandre lembrou de um restaurante em Garibaldi e nosso jantar foi lá. Tri-bom! Massas de qualidade, além de um ambiente superaconchegante. Recomendo para quem for passear na região. Abrimos a noite com o espumante da Alma Única, que gostei bastante. Por sugestão do garçom, abrimos também este Terragnolo. 


Comentário do Claudio
Rótulo: 
-
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Aproveitamos mais um dia na Serra Gaúcha e para o jantar resolvemos rumar para Garibaldi, direto para o ótimo restaurante Primo Camilo. Para abrir o jantar, escolhemos um espumante sobre o qual eu já tinha ouvido falar bastante e estava curioso para provar, o Almaúnica Reserva Brut. Estava com os espumantes da Cave Geisse na cabeça que provamos durante a tarde e sem querer acabei comparando o estilo de um com os outros. O Almaúnica é um espumante feito pelo método tradicional, com muita presença em boca, acidez moderada, notas de frutas bem marcada. Achei que faltou um pouco de elegância ao conjunto, certamente influenciado pela degustação dos espumantes Geisse. Um espumante que vale provar, especialmente quem busca algo mais potente (leia o que o Alexandre Frias escreveu sobre o espumante). Em seguida, para acompanhar o jantar, resolvemos provar outro vinho que não conhecia, o Terragnolo da uva Marselan. Gosto desta uva, já provei bons vinhos brasileiros desta casta. Um bom vinho, que deve ganhar com mais algum tempo de garrafa. Em boca, muita fruta e potência, um vinho de bom corpo, que vai fazer boa companhia para comidas mais pesadas. Gostei bastante do restaurante Primo Camilo em Garibaldi, mais uma boa opção para quem está visitando a Serra.

Nenhum comentário: