12 de dezembro de 2013

Valmarino - Tannat 2011

Nome: Valmarino
Safra: 2011
País: Brasil
Região: Pinto Bandeira
Produtor: Valmarino
Importador: -

Uvas/Corte: Tannat
Teor alcoólico: 12,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R 22,00
Onde foi comprado: Alipão, em Botafogo, Rio de Janeiro
Quando foi comprado: -
Degustado em: 18 de outubro de 2013
Onde Bebeu: Em casa
Harmonizado com: Pizza de mussarela da Vezpa
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Variedade de uva tinta de origem francesa que adaptou-se bem as condições de clima e solo da Serra Gaúcha, em especial em Pinto Bandeira que é cultivada por nossa família desde 1990. Este varietal Tannat tem como atributos uma coloração vermelho rubi-intensa, aromas delicados de frutas vermelhas, algo a especiarias com toques de couro e tostado. Na boca é generoso com untuosidade, complexidade, equilíbrio e longa persistência..

Impressões da Rafaela
Nosso detox estava indo tão bem, mas o anjinho mau foi mais forte que o bom nesta noite. Depois de irmos ao lançamento do livro da tia Regina Célia, passamos na Vezpa e encomendamos uma pizza. Chegando em casa, decidimos abrir este Valmarino que já estava há algum tempo guardado. Eu havia comprado este vinho para o Claudio no Alipão, loja na Dona Mariana que agora mudou de nome. Trata-se de um vinho bem gostoso, tranquilo de beber, fácil de gostar. É um tannat nada típico, superagradável. Foi uma boa maneira de terminar um dia cheio de atividades. Antes de ir para a aula, fiz o suco verde de nosso detox e levamos o lixo no Light Recicla. Como o prato do almoço era escondidinho de cogumelos Paris, voltei rapidinho para casa. Depois o Claudio me levou na Uerj, onde passei a tarde em um evento para idosos. Estou tentando achar meu tema de doutorado e tenho ido a atividades relacionadas ao meu público-alvo. Para encerrar as atividades, fomos ao lançamento do livro da tia, que trata sobre um personagem de Graciliano Ramos.

Comentário do Claudio
Rótulo: 
Design padrão, sem grande inspiração.
Exame visual: Rubi vivo
Exame olfativo:
Exame gustativo: Li alguns comentários sobre este vinho e como tinha visto por um bom preço em uma loja aqui perto, resolvi testar. Um tannat da região de Pinto Bandeira que apresenta notas de frutas escuras, taninos vivos que secam um pouco a boca, final de boa intensidade com predomínio no céu da boca. Um vinho com um perfil gastronômico, que, em minha opinião, ainda vai melhorar um pouco na garrafa, pois ainda não estava 100% equilibrado. Com o tempo na taça, ele cresceu. Acho que vale comprar uma garrafa e esperar para beber em mais um ou dois anos. Oferece mais do que o seu preço sugere.
Nota: -

Nenhum comentário: