29 de dezembro de 2013

RAR - Cabernet Sauvignon 2005

Nome: RAR
Safra: 2005
País: Brasil
Região: Campos de Cima da Serra
Produtor: Vinícola Miolo
Importador: -

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon
Teor alcoólico: 14%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 15 de novembro de 2013
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Pizzas
Com quem: Claudio,Rafaela e Marie

Comentário do Produtor
Campos de Cima da Serra no Rio Grande do Sul é uma das regiões produtoras de uvas mais frias e mais altas do Brasil, com 1.000 metros de altitude. A aliança da Miolo com o empresário Raul Anselmo Randon resultou na produção do RAR. O vinho é um corte de uvas cultivadas nos vinhedos do empresário no município de Muitos Capões, sob a supervisão técnica da Miolo. Pelo fato da empresa não ter uma vinícola instalada nos Campos de Cima da Serra, as uvas são colhidas e seguem para a cantina Miolo, no Vale dos Vinhedos, onde o vinho é elaborado e envelhecido em barricas de carvalho por aproximadamente um ano. Em seguida é engarrafado e permanece mais um ano envelhecendo na própria garrafa nas caves subterrâneas.

Impressões da Rafaela
Este vinho estava há um tempão guardado. Neste dia, convidamos nossa amiga Marie para vir comer pizzas conosco. Claudio está numa fase de fazer pizza e nas últimas semanas o forno aqui de casa tem andado bem ocupado. Neste feriado, contamos com a companhia da Marie. As pizzas estavam bem boas, assim como a conversa e o vinho.

Comentário do Claudio
Rótulo:

Exame visual:
Exame olfativo:
Exame gustativo: Esta garrafa já estava há 3 anos na adega. Como a Rafaela é da região dos Campos de Cima da Serra, sempre ficamos atentos aos vinhos que estão surgindo na região. Este RAR, parceria do empreáario Raul Anselmo Randon com a Miolo, foi um dos vinhos pioneiros da região. Acreditava que este vinho da safra 2005 poderia envelhecer bem. Resolvi abrir a garrafa com 8 anos de vida para ver como estava. Para minha surpresa, o vinho parecia jovem, com taninos bem vivos e paladar intenso. Depois de um tempo na taça o vinho mostrou um bom conjunto, mas claramente pode ficar mais tempo na garrafa. Foi uma boa experiência e gostaria de ter outra garrafa desta safra para abrir com mais alguns anos.

Nenhum comentário: