12 de novembro de 2013

Hex von Wein Reserva Especial 2011

Nome: Hex Von Wein Reserva Especial
Safra: 2011
País: Brasil
Região: Picada Café, RS
Produtor: Vinícola Hex von Wein

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon 100%
Teor alcoólico: 12,5%
Rolha: Tampa de rosca na garrafa de 187 ml
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 2 de fevereiro de 2009
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Pizzas caseiras
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
As parreiras da Hex baseiam-se na biodiversidade, ou seja, a eliminação da monocultura e cultivo de várias espécies no mesmo habitat. Em resumo, na nossa produção voltamos aos antigos modelos de produção agrícola, equilibrando o meio ambiente naturalmente e amenizando as mudanças no sistema biológico. Assim, o solo produz uma fruta mais autêntica, particular, caracterizando o produto de acordo com a região e expressando o real terroir. Quando o solo recebe quimicamente os nutrientes que lhe faltam, até chegar ao ponto ideal de produção, ocorre a massificação da variedade, ou seja, qualquer lugar do mundo o produto tem as mesmas características. A Coopernatural lançou o vinho Cabernet Sauvignon orgânico certificado Safra 2007 na Bio Fach em São Paulo. As uvas desta safra foram selecionadas a dedo, as melhores uvas as mais sadias e as mais maduras, somente o melhor da produção, compõem este vinho de alto padrão enológico. A fermentação foi com controle de temperatura, não ultrapasando os 25º, o envelhecido vai ser barricas de carvalho Frances. Com graduação alcoólica de 12,6%. A produção de 2007 está limitada a uma produção de 1.575 unidades. Um dos primeiros vinhos finos orgânicos do Brasil.

Comentário do Claudio
Rótulo: -
Exame visual: -
Exame olfativo:
Exame gustativo: Quem acompanha o blog sabe que venho degustando este vinho com regularidade. Desta vez, abri uma garrafa de 187 ml, um Reserva Especial, da safra 2011. Na primeira vez em que o provei, a safra era 2007 e se revelou um vinho surpreendente: um vinho orgânico brasileiro, estilo velho mundo, elegante e original. Dentro de sua proposta, um vinho envolvente. Uma alegria para quem gosta deste estilo de vinho. Recentemente, provei uma garrafa de 750 ml desta nova safra, 2011. O vinho estava menos atraente que a safra anterior. O produtor só vinifica este vinho quando é possível, como ele mesmo diz. Um vinho orgânico, sem intervenção, sofre muito a influência de cada safra, tinha sentido isto na garrafa que havia provado. Como estava sozinho em casa, resolvi abrir esta garrafinha, sem expectativa, mesmo sabendo que era um Reserva Especial. Mais uma vez o vinho me surpreendeu. Diferente da safra 2007 e da garrafa de 750 ml, este vinho apresentou muita fruta, fruta fresca e de boa presença em boca. Boa evolução na taça, parece que ainda pode evoluir na garrafa. Um vinho mais direto que a safra anterior, com um final de boca de boa intensidade. Gostei, deu vontade beber mais um pouquinho. Tenho uma garrafa de cada tamanho que vou esperar mais um pouco para abrir e ver sua evolução. Ainda tenho uma 2007 guardada.

Nenhum comentário: