17 de novembro de 2013

Guayquil - El Elegido 2006 / Icewine Inniskillin - Cabernet Franc 2007

Nome: Guayquil / Icewine
Safra: 2006 / 2007
País: Argentina / Canadá
Região: Mendoza / Niágara Península
Produtor: Huarpe Wines / Inniskillin
Importador: -

Uvas/Corte: Malbec, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot, Bonarda e Tannat / Cabernet Franc
Teor alcoólico: 14,8% / 9,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Buenos Aires / Presenteado por Regina Helena
Quando foi comprado: Dezembro 2012 / Agosto 2012
Degustado em: 5 de outubro de 2013
Onde Bebeu: Em casa
Harmonizado com: Batatas bravas e frango ao curry
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Means “The Chosen One” in Huarpe. A blend of Malbec,  Cabernet Sauvignon, Bonarda, Petit Verdot and Tannat, aged in new oak. A unique wine in which each component lends its best characteristics.

Impressões da Rafaela
Nesta noite decidimos testar uma receita que faríamos na semana seguinte para nossas visitas: as batatas bravas da Rita Lobo, do Panelinha. Para acompanhar, Claudio me sugeriu alguns vinhos, mas acabei escolhendo este impressionada pelo rótulo e pelo nome. É um vinho pesadão, faz jus aos 14,8%. Embebeda fácil. Acho que é sempre bom ter um docinho ao final da refeição para dar uma equilibrada. Depois desse jantar, decidimos comer um pouco de doce de leite Lapataia que ganhei de aniversário e provar um icewine que estava há meses na geladeira. Sei lá, acho que foi demais.

Comentário do Claudio
Rótulo: 
-
Exame visual: -
Exame olfativo: Mistura de notas vindas da madeira com frutas maduras, algo levemente doce.
Exame gustativo: Compramos este vinho durante nossa última passagem por Buenos Aires. Entrei em uma loja em Palermo para procurar vinhos que ainda não conhecia. O vendedor se aproximou e percebendo que eu era brasileiro comentou que a grande maioria dos brasileiros entravam na loja para comprar marcas conhecidas e os vinhos mais caros. Ele comentou que vendia muito os vinhos da Catena. Expliquei que estava procurando pequenas vinícolas, vinhos desconhecidos, ou seja, coisas diferentes. Ele me mostrou muitos vinhos, comprei algumas garrafas inclusive esta, que ele falou que eu voltaria lá depois para comprar outra. É um corte bem equilibrado de cinco diferentes uvas. Boa intensidade em boca, encorpado e com um final de boca de boa presença. É um vinho bem argentino, taninos arredondados na madeira, bastante fruta e final longo. Acho que poderia ficar mais um tempo em garrafa, mas já está pronto para beber, um vinho moderno. Para fechar a noite, provamos mais uma garrafinha de icewine canadense que minha mãe me trouxe. Todos os vinhos que provei da Inniskillin são muito bons. Icewine equilibrado e envolvente e com esta Cabernet Franc não foi diferente. Vale muito provar.

Nenhum comentário: