8 de agosto de 2013

A Itália e seus vinhos gastronômicos: Poldo Vino Nobile di Montepulciano - 2006

Nome: Poldo Vino Nobile di Montepulciano
Safra: 2006
País: Itália
Região: Montepulciano
Produtor: Villa S. Anna
Importador: -

Uvas/Corte: Prugnolo Gentile 90%, Canaiolo 2%, Mammolo 1%, Colorino 1%, Merlot 6%
Teor alcoólico: 14%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Osteria del Borgo
Quando foi comprado: 20 de julho de 2013
Degustado em: 20 de julho de 2013
Onde bebeu: Osteria del Borgo, mas desta vez no terraço, onde acompanhamos o cair da noite
Harmonizado com: Bruschetta, salada mista e queijo de cabra com mel e nozes
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor

Abbinamenti
Piatti tradizionali della cucina toscana, carni rosse, selvaggina e formaggi stagionati. Vino da meditazione. 

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: Cheiro bom, mas nada que eu conseguisse identificar.
Exame gustativo: Hoje o dia foi dedicado a uma viagem para o lado leste. Fomos visitar Assis e a cidade de Perugia (cidade na qual eu planejava morar pouco antes de conhecer o Claudio, onde eu pretendia fazer um curso de comunicação internacional, mas acabei mudando os planos). Eu havia visitado Assis em 2004 quando viajei com minha mãe para a Itália. Na época, lembro que pensei que gostaria de voltar. Acabamos não ficando muito, pois queríamos visitar Perugia e ainda conhecer o Lago Trasimeno, que ficava no caminho. Em Perugia, andamos pela região central, comemos pedaços de pizza e escapamos da chuvinha que começou a cair no meio da tarde. Quando chegamos ao lago, o sol já havia voltado. Na margem, há uma infraestrutura bem legal, com um pouco de areia, cadeiras (eu adorei as cadeiras de praia na Itália, elas têm uma parte para proteger contra o sol no rosto, bem prática e útil) e até um espaço com piscina. Quando voltamos, fomos direto para Montepulciano. Chegamos relativamente cedo e conseguimos pegar as lojas abertas pela primeira vez. À noite, olhamos vários restaurantes, mas acabamos voltando ao que havíamos ido duas noites atrás. Só que desta vez na varanda com vista para o vale. Bem bonito. Ainda estava claro e foi uma noite muito agradável. Não estávamos com muita fome e pedimos várias pequenas entradinhas. O vinho estava muito gostoso.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo: -
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Depois de fazer passeios durante o dia por Assis e Perugia, voltamos para jantar em Montepulciano. Acabamos voltando no mesmo restaurante de duas noites atrás, mas desta vez aproveitamos o por do sol na agradável terraça. Mais uma vez contei com a ajuda do Francesco para escolher o vinho. Depois de algumas sugestões, escolhemos esta garrafa que segundo ele teria características semelhantes ao Lunadoro que havíamos gostado. De fato é um vinho de perfil mais maduro e elegante. Precisava ter sido aberto com pelo menos uma hora de antecedência. Início um pouco fechado, então resolvemos degustar de forma mais lenta. Com o tempo ele foi se abrindo, mas ele realmente brilhou com a chegada das comidinhas. O vinho simplesmente mudou e mostrou toda a sua vocação gastronômica. Taninos bem marcados, boca equilibrada, boa complexidade, muito elegante: um vinho quase didático em relação à como um vinho pode crescer quando bem escoltado por comida. Valeu a experiência em mais uma ótima noite em Montepulciano.
Nota: -

Nenhum comentário: