20 de julho de 2013

Baguette, queijos, framboesas e um champagne para acompanhar

Nome: Améthyste Louis Barthélémy Brut
Safra: -
País: França
Região: Champagne
Produtor: Louis Barthélémy
Importador: -

Uvas/Corte: 50% Pinot Noir, 30% Pinot Meunier, 20% Chardonnay
Teor alcoólico: 12%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Loja de vinhos da rua Demabert, em Paris
Quando foi comprado: 10 de julho de 2010
Degustado em: 10 de julho de 2010
Onde bebeu: Hotel Apollinaire, em Paris
Harmonizado com: Queijos, baguette e framboesas
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Depois de passar o dia todo nas liquidações de Paris (La Defense e no Marrais) já estávamos mortos de cansados. Na volta para o hotel, Claudio decidiu passar na loja vinhos do outro lado da rua. Quando chegou no quarto, abriu um sorriso e falou: - Não vamos embora sem tomar um champagne! Deixou a bebida no frigobar e foi em busca de acompanhamentos. Comprou então meia baguette, dois queijos e um potinho de framboesas. Tudo aqui na rua do hotel. Pouco depois, estávamos comendo nosso lanchinho especial. Bem felizes!
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo: 
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Na mesma rua do nosso hotel em Paris, descobri uma loja bem interessante de vinhos e também uma loja de queijos. Quando estávamos voltando para o hotel, passei pela porta da loja de queijos e du vontade de provar uns queijinhos. Mas a ideia só ficou completa depois de entrar na loja de vinhos e descobrir que vendiam ali este Champagne em meia garrafa, e o melhor, já gelado. Comprado o Champagne, deixei no quarto do hotel e fui buscar, queijos, pão e framboesas. Pedi ao dono da loja me indicar dois queijos que harmonizassem com Champagne. Lanchinho da tarde pronto. Fica difícil analisar o Champagne isoladamente do contexto. Primeiro dia de férias, em Paris, deliciosos queijos, um boa baguette... o Champagne foi muito bem! Era tudo que precisávamos. Vale experimentar.
Nota: -

Nenhum comentário: