24 de maio de 2013

Encerrando bem o fim de semana: Leyda Reserva - Cabernet Sauvignon 2011

Nome: Leyda Reserva
Safra: 2011
País: Chile
Região: Valle del Maipo
Produtor: Leyda
Importador: Grand Cru

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon 100%
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço:
Onde foi comprado: Wine
Quando foi comprado: Março de 2013
Degustado em: 21 de abril de 2013
Onde bebeu: Em casa, no rio
Harmonizado com: Pães do Talho Capixaba, azeitonas pretas, pasta de tomate seco, queijos
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Ciruelas y guindas entrelazadas con notas de tabaco y mocca. Es un Cabernet expresivo en donde predomina la tipicidad frutal por sobre la madera.En boca tiene fruta viva lo que lo hace un vino fresco y jugoso de taninos suaves y amigables.

Comentário da Rafaela
Exame visual: Rubi, transparente.
Exame olfativo: Supercheiroso. A cada taça, um cheiro diferente. Senti aromas de cereja e mel. Logo depois de aberto, havia bastante cheiro de álcool, o que sempre me faz tossir.
Exame gustativo: Para encerrar um fim de semana de muitas atividades, assim como para não desperdiçar o que havíamos comprado para o sábado à noite, resolvemos abrir esta meia garrafa no final do dia de domingo. Este vinho é leve, mas tem um sabor amargo no final. Não chega a ser um defeito, mas pode incomodar quem tem paladar mais sensível a este tipo de gosto. No início, senti um gosto adocicado, mas depois este sabor sumiu.
Nota: 88.0

Comentário do Claudio
Rótulo: -
Exame visual: Rubi vivo, translúcido.
Exame olfativo: Nariz intenso. Início aparecem notas de álcool, evolui bastante depois de aberto para notas de fruta, algo entre a goiba e ameixa. Nariz bem límpo.
Exame gustativo: Mais uma meia garrafa que compramos na Wine. Este Leyda se mostrou um bom vinho, bem feito, correto, e ótimo custo/benefício. Em boca, aparecem notas adocicadas, evolui para uma mistura de frutas com algo mais picante. Repete na boca o nariz. Um vinho bastante agradável que, se não vai surpreender, vai cumprir bem o seu papel de um vinho para beber sem compromisso. Vale provar.
Nota: 87,0

Nenhum comentário: