16 de abril de 2013

Noite de Cabernet Franc no restaurante uruguaio Gonzalo

Nome: Lagarde - Cabernet Franc 2010 / Loma Larga - Cabernet Franc 2007
Safra: 2010 / 2007
País: Argentina / Chile
Região: Mendoza / Vale de Casablanca
Produtor: Lagarde / Vinhedos Loma Larga
Importador: -

Uvas/Corte: Cabernet Franc / Cabernet Franc
Teor alcoólico: 14,2% / 14,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: - / 11.800 pesos chilenos
Onde foi comprado: Trazido pelo Deco / Santiago, Chile
Quando foi comprado: - /  9 de dezembro de 2008
Degustado em: 29 de fevereiro de 2013
Onde bebeu: Restaurante Gonzalo, no Leblon, Rio de Janeiro
Harmonizado com: Cortes de carne, provoletta e frango
Com quem: Claudio, Rafaela, Deco e Mariana

Comentário do Produtor
Lagarde - Color rojo rubí con tonalidades violáceas. Aroma intenso a confituras de frutos rojos, dejos de eucaliptus y cedro y algunas especias. En boca la entrada es dulce, con taninos maduros y excelente untuosidad. Tiene un final largo y persistente.
Loma Larga - Intenso color púrpura-tinta oscura. La nariz es muy intensa, floral y jugosa, con notas de pétalos de rosa y regaliz, que se complementan con el tostado aportado por la madera. La boca es amplia: empieza con sabores de fruta y regaliz rico y sigue con algunas notas especiadas. La mineralidad y la estructura de taninos del vino garantizan un final largo y complejo que trae suaves notas de durazno amarillo, mango y mocha. Beber ahora o disfrutar en su momento óptimo en 2013.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Como na noite anterior, havíamos ficado em casa, na sexta resolvemos ir ao Gonzalo, lugar que está entre os nossos preferidos no momento. O atendimento é perfeito, a comida é excelente. Gostei muito dos dois vinhos, especialmente do primeiro, trazido pelo Deco. Fiquei com vontade, porém, de  pedir uma bela caipirinha de morango que a Mariana estava bebendo - e estava muito boa! Foi uma noite muito agradável em boa companhia.
Nota: -

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Nas últimas viagens do Deco à Argentina, ficava constantemente falando pelo Instagram para ele trazer uma garrafa de Cabernet Franc para bebermos juntos. E não é que ele trouxe? Resolvemos ir ao Gonzalo, ótimo restaurante Uruguaio que abriu no Leblon, para bebermos um Cabernet Franc argentino. Para completar a noite, levei uma garrafa de um chileno que estava há quase 5 anos guardada aqui na adega. O Gonzalo é simpático à ideia de o cliente levar seu vinho (a rolha custa R$ 35). Por esse motivo, já voltamos lá diversas vezes. Começamos a noite com o Lagarde. Ótimo vinho, com uma elegância até incomum para os vinhos argentinos, corpo médio, boas características da cepa. Foi uma boa experiência. Na sequência, abrimos o Loma Larga. Em 2010, havia bebido uma garrafa desse vinho, que estava muito intenso e vivo na boca. Achei que com mais alguns anos na garrafa ele estaria mais comportado. Realmente estava. De cara, apareceu aquela leve nota de goiaba, característica dos vinhos chilenos. Em boca, um vinho com mais fruta e intensidade, porém, depois de algum tempo aberto na taça, o vinho deu uma queda, ficando com seu final curto. É um bom vinho e que deve ser bebido logo. Excelente noite, de bons vinhos, boa comida e bom papo. Deco, pode continuar trazendo outros Cabernets Francs da Argentina para provarmos.
Nota: -

Nenhum comentário: