9 de abril de 2013

Despedida da VPT Farm com ótimos champagnes

Nome: Vollereaux Brut Rosé / Legras e Haas Brut Rosé Brut / Vollereaux Millesime 2005 / Champagne Gosset
Safra: - / - / 2005 / -
País: França
Região: Champagne
Produtor: Vollereaux / Legras & Haas / Vollereaux / Gosset
Importador:-

Uvas/Corte: -
Teor alcoólico: 12% / 12,5% / 12%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 11 de fevereiro de 2013
Onde bebeu: VPT Farm, em Catalão/GO
Harmonizado com: Joelho de porco, purê de maçãs e batatas cozidas
Com quem: Claudio, Rafaela, Gil, Érika, Cristiano, Valdirene, Vanessa, Alexandre, Paulo, Carol, Antônia

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Tão triste quando a viagem vai chegando ao fim. Para espantar a melancolia, a programação para o dia não poderia ser melhor: champagnes de alto nível. Gostei de todos, mas confesso que o primeiro, Vollereaux Brut Rosé, foi o meu preferido. Sim, ele era o mais docinho. Os outros também são ótimos, mas se preferir uma bebida mais fácil de beber, pode comprar este espumante sem hesitar. O almoço neste dia foi o tão falado joelho de porco do Cris, quer dizer, não do Cris, que o Cris levou. Nunca tinha comido e gostei, mas deixei a pururuca para os mais escolados. Foi um ótimo encerramento para dias tão felizes na VPT Farm. Que venham outros!
Nota: -

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Havíamos combinado que este seria o Carnaval dos Champagnes. Cada um deveria levar uma garrafa e abriríamos todas durante o Carnaval e assim foi feito. Durante o nosso último almoço, um joelho de porco preparado pelo Cristiano, um desfile de bons champagnes desfilou pelas mesas do VPT Farm. Primeiro espumante aberto foi o Brut rosé Vollereaux. Este espumante foi tema de um Winebar e ainda não tinha aberto a minha garrafa. Funcionou muito bem para abrir os trabalhos. Bela cor, boa acidez em boca, um ótimo espumante para o seu custo. O segundo aberto foi a garrafa levada pelo Cristiano, uma boa surpresa, o Legras & Hass Brut Rosé. Perfil bem diferente do primeiro, este rosé de cor salmão clara é mais delicado em boca. Boa complexidade e cremosidade apresenta leves notas oxidadas, gostei bastante. Na sequência, mais um tiro certeiro quando o assunto é relação custo/benefício, o safrado Vollereaux Brut Cuvée Tradicion. Mais complexo que seu irmão não safrado, mostra notas clássicas de brioche no nariz. Em boca, bela acidez e ótima presença em boca. Para finalizar o nosso almoço das Champas, abrimos uma garrafa de um champagne que gosto muito, o Gosset. Muito bem equilibrado, boa cremosidade e acidez marcante em boca. Um champagne que agrada. Assim encerramos a maratona eno-gastronômica do Carnaval com muitos amigos no VPT Farm
Nota: -

Um comentário:

Administrador disse...

Champas de respeito + amigos especiais, não tem erro!

Precisamos beber nosso espumante na Praia, hein?

Saúde!

Gil e Érika