9 de abril de 2013

Cave Geisse Terroir Nature 2003 / Maria Valduga / Catena Zapata Cabernet Franc 2005/ Cesari Bosan Amarone Della Valpolicella 2001 / Dall'Agnol DMD no VPT Farm

Nome: Cave Geisse / Maria Valduga / Angélica Zapata/ Cesari Bosan Amarone Della Valpolicella 2001
 / Dall'Agnol
Safra: 2003 / 2006 / 2005 /
País: Brasil / Brasil / Argentina / Itália / Brasil
Região: Vale dos Vinhedos / Garibaldi / Mendoza / Verona
Produtor: Casa Valduga/ Cave Geisse / Catena Zapata / Cesari / Dall'Agnol
Importador: -

Uvas/Corte: -
Teor alcoólico: -
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 10 de fevereiro de 2013
Onde bebeu: VPT Farm, em Catalão/GO
Harmonizado com: Pizzas feitas com carinho pela Vanessa
Com quem: Claudio, Rafaela, Gil, Érika, Cristiano, Valdirene, Vanessa, Alexandre, Paulo, Carol, Antônia

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: De brincadeira, no dia anterior acho que o Gil provocou se alguém gostaria de fazer pizzas na noite seguinte. Vanessa aceitou prontamente o desafio. Enquanto entravam em cena os quase-infalíveis caçadores de um ratinho em um canto da casa, Vanessa produzia deliciosas pizzas na cozinha. Érika havia arrumado a mesa com velinhas e foi mais uma noite de boa comida, vinhos gostosos e conversa animada. Gostei especialmente do Angélica Zapata e do Amarone.
Nota: -

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Depois de uma memorável feijoada na parte da tarde, caindo a noite a Vanessa se animou e preparou muitas pizzas para todos e para acompanhar, nova leva de espumantes e vinhos. Começamos com o excelente Maria Valduga. Depois abrimos mais uma garrafa do Cave Geisse que o Alexandre vem abrindo todos os anos. Já com 10 anos de vida, apresentou boa complexidade, mas já perdendo um pouco da sua vivacidade. Mesmo assim é muito interessante acompanhar sua evolução. Partimos para um Angelica Zapata Cabernet Franc, uva preferida de muitos ali naquela noite. Esta linha de vinhos é sempre correta, bem feita, sem arestas, mas um pouco padronizada. Na sequência, surgiu um Amarone, excelente vinho que já havia bebido no meu aniversário, excelente experiência. Para finalizar provamos um vinho brasileiro em duas etapas: bebemos uma taça do Dall'Agnol antes de dormir e outra assim que acordamos, ficou aerando na taça durante a noite. Este vinho gostaria de rovar novamente para ter uma opinião mais precisa. Mais um ótima noite de Carnaval na companhia dos amigos.
Nota: -

Nenhum comentário: