14 de abril de 2013

Castillo de Molina Reserva - Cabernet Sauvignon 2008 / Bouza - Tempranillo e Tannat 2011

Nome: Castillo de Molina Reserva / Bouza
Safra: 2008 / 2011
País: Chile / Uruguai
Região: Valle de Cachapoal / Montevidéu
Produtor: Viña San Pedro Tarapacá / Vinícola Bouza
Importador: -

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon / Tempranillo e Tannat
Teor alcoólico: 14,5% / 14%
Rolha: Cortiça / Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Em Montevidéu, por Raquel e Ricardo / Presenteado ao Claudio pelo Mario
Quando foi comprado: -
Degustado em: 23 de fevereiro de 2013
Onde bebeu: Casa de Raquel e Ricardo
Harmonizado com: Pão caseiro, salada caprese com molho pesto, azeitonas, cenourinhas e choripan
Com quem: Claudio, Rafaela, Miguel, Paula, Carlinhos, Ricardo, Raquel e Tito

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Na sexta-feira à noite, Miguel sugeriu que fôssemos todos para a praia e depois comêssemos algo ali por Ipanema. Com as vidas atarefadas de todos, acabou não dando certo o encontro. No sábado, acho que todo mundo acordou com vontade de fazer algo juntos, já que não nos víamos há tempos. Ricardo e Raquel tiveram a ideia de fazer choripan. Eles haviam acabado de chegar do Uruguai. Nos encontramos na casa deles e foi uma noite bem legal. Sempre é tão bom reencontrar o Tito, que está cada dia mais querido e esperto. O molho chimichurri que o Ricardo preparou estava fantástico. Eu até comi Choripan. E os vinhos também não fizeram feio. Os vinhos da Bouza são sempre boas compras. Este não foi diferente.
Nota: -

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: A Raquel e o Ricardo passaram o carnaval no Uruguai. Voltaram de lá inspirados e com alguns vinhos na bagagem. Assim, nos convidaram para comer alguns choripan com chimichurri que eles prepararam. Estava tudo delicioso. Para acompanhar, dois vinhos: o uruguaio Bouza Tannat / Tempranillo e um chileno que eu levei, um Cabernet que o Mario havia me presenteado. Quando estivemos no Uruguai, visitamos a Bouza, uma bela vinícola com um restaurante melhor ainda. Gosto muito de todos os vinhos deles e este não foi diferente. Um intenso corte de Tannat com Tempranillo, com boa presença em boca, vivo e bem feito. Pode ainda evoluir um pouco com mais algum tempo em garrafa, mas já está gostoso para se tomar. Bom vinho. Na sequência, partimos para o chileno, com toda a sua goiaba característica no nariz. Em boca, um vinho agradável, com taninos domados e que também foi bem com o sanduíche de linguiça. Foi uma noite muito agradável.
Nota: -

Nenhum comentário: