27 de fevereiro de 2013

Sábado de Carnaval com muitos espumantes na VPT Farm

Foto: Gil Mesquita
Nome: Casa Valduga 130 / Grand Legado Brut Champenoise / Salton Gerações / Cave Geisse Blanc de Blanc
Safra: -
País: Brasil
Região: Vale dos Vinhedos / Pinto Bandeira
Produtor: Casa Valduga / Salton / Gran Legado / Cave Geisse
Importador: -

Uvas/Corte: -
Teor alcoólico: -
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 9 de fevereiro de 2013
Onde bebeu: VPT Farm, em Catalão/GO
Harmonizado com: Churrasco
Com quem: Claudio, Rafaela, Gil, Érika, Cristiano, Valdirene, Vanessa, Alexandre, Paulo, Carol, Antônia

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: A esbórnia de verdade estava apenas começando. O grupo ficou completo no final da manhã com a chegada do Cris e da Val e do Paulo e da Carol. Nesta manhã também conhecemos o simpático Tatá, pai da Érika, que fez todas as nossas vontades: colheu milho novinho, jambo, mandioca, limão, laranja, temperos verdes e verduras fresquinhas. Para começar bem o dia, depois do café, Vanessa, Érika e eu fomos fazer uma caminhada, em uma tentativa de gastar as (muitas) calorias que viriam depois. Fiquei feliz de observar que todo mundo começou o ano tentando cuidar melhor da saúde. Todos estão fazendo atividade física e tentando controlar a alimentação. Isso é muito bom! O fim de semana foi uma exceção, mas também quem poderia resistir a tanta comida boa?! Neste dia, para acompanhar o churrasco, foi feita uma seleção de espumantes. Eu acho que nenhum bate o 130, mas estavam bem refrescantes.
Nota: -

Comentário do Claudio
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Nosso carnaval na verdade foi uma maratona eno-gastronômica no VPT Farm. E nada melhor que começar tudo com espumantes. Comprei algumas garrafas de espumantes aqui no Rio para levar. Acabei escolhendo rótulos que estava com vontade de provar. Para acompanhar a nossa tarde e um churrasco que estava sendo feito, abrimos os trabalhos com o 130 da Casa Valduga que já comentamos no post anterior. Na sequência abrimos o "medalhado" Gran Legado. Já estava com vontade de provar este espumante há algum tempo. Chama a atenção a quantidade de adesivos de premiação que a garrafa ostenta. Esta estratégia de venda tem dois lados: talvez o consumidor que não beba com regularidade se sinta atraído e até compre uma garrafa, por outro lado, cria uma expectativa alta em relação ao espumante e que na nossa opinião não foi atingida. Não é um espumante ruim, mas falta um pouco de cremosidade e delicadeza. Final de boca com algo torrado e notas cítricas. Poderia ser mais vivo em boca. Depois passamos para a edição especial que a Salton fez, o Gerações. Um espumante que passa 3 anos em contato com as leveduras e isto é nítido em boca. Complexo, evoluído, diferente e interessante. Um pouco duro em boca, a mesma sensação que tive quando provei o 100 anos, outro espumante especial produzido pela Salton. Falta também um pouco de elegância talvez, mas vale provar pela complexidade.  O último espumante da tarde foi o Blanc de Blanc dos Geisse. Já havia degustado este espumante e mais uma vez mostrou muita qualidade e equilíbrio que sempre todos os espumantes desta vinícola apresenta. Leves notas cítricas, boa acidez, um ótimo espumante. E o Carnaval estava só começando....
Nota: -

Nenhum comentário: