23 de janeiro de 2013

Paella, pizzas, 21 garrafas de vinho: esbórnia em Campinas

Quando: 22 de dezembro de 2012

Onde: Espaço Gourmet, gentilmente cedido por Anna e Emerson

Com quem: Claudio, Rafaela, Emerson, Anna, Vanessa, Alexandre, Beto, Daniel, Tatiana, Cristiano, Valdirene, Guilherme, Eric, Rafael, Deco e Luca

Vinhos degustados:
3 garrafas de Valmarino & Churchill Extra Brut, Cave Geisse Brut Blanc de Blanc, Jean Bousquet Chardonnay, Trio Chardonnay/Pinot Blanc/Pinot Grigio,  2 garrafas de Orus Pas Dosé Rosé,  2 garrafas de Familia Gascón Rosé 2011, Canals & Munné Cava Brut 2006, Lavigny-les-Beaune 2008, Remole 2010, Altos 2008, Altos Rioja 2008, Lagar de Robla, Familia Gascón Rosé, Triennes St. Auguste1999, Sibaris 2010, J. P. Moscatel 2000,  Viña Maipo Reserva Chardonnay 2009 e Goulart Reserva.

Comentário da Rafaela
Aproveitamos a viagem que faríamos a Campinas para revermos os queridos amigos de Campinas. Anualmente, eles se reúnem para celebrar o Natal juntos. Tratamos de nos encaixar na festa. O assunto começou a ser discutido ainda em novembro, quando os recebemos no Rio. Demorou, mas chegou o dia tão esperado. Fomos os primeiros a chegar ao condomínio do Emerson. Eric e Rafael já estavam lá começando os trabalhos. Os dois têm o restaurante Duo, em Campinas. Nós ainda não tivemos chance de conhecê-lo, mas nossos amigos adoram o lugar. Aos poucos, todos foram chegando, alguns de Campinas, outros de Jundiaí e São Paulo. Nem bem, a comida começou a ser preparada, começaram a ser abertas as primeiras das 21 garrafas que seriam bebidas até a noite. Sim, pois a festa teve duas fases. A primeira foi a ótima Paella do Eric e do Rafael; a segunda, com as pizzas sempre inspiradoras do Emerson. Eu gosto muito de arroz, então paella é um prato que sempre me agrada. Esta então estava maravilhosa! Repeti duas vezes! Provei vários vinhos, mas, sinceramente, depois de tantas taças assim, imagina se vou me lembrar de alguma coisa. Isso sempre me faz pensar que em festas com muita gente e muitas garrafas, o melhor é investir em vinhos com bom custo/benefício. Nada de vinho barato, mas nada de vinhos muito especiais, pois, no geral, não há um aproveitamento à altura dos vinhos. Depois desses encontros com nossos amigos de SP, sempre bate uma tristezinha por sermos tão sozinhos aqui no Rio. Ainda bem que 2013 promete muitos encontros.


Comentário do Claudio
Uma tarde/noite das mais agradáveis. Assim foi nosso encontro com alguns amigos blogueiros em Campinas. Este encontro foi pensado com alguma antecedência e quando soubemos a data que iríamos até Taubaté, conseguimos organizar tudo para estarmos presentes. Os chefs Eric e Rafaela do restaurante Duo de Campinas preparou uma das melhores paellas que já comi. O almoço se estendeu até a noite. Aí entrou em cena o Emerson que preparou pizzas no forno à lenha. Para acompanhar as comidas e o agradável dia e a conversa, 21 garrafas de vinhos foram abertas! Vael comentar sobre alguns deles. Todos os espumantes bebidos estavam ótimos. Nada menos do que 3 garrafas de Valmarino & Churchill, espumante de bastente corpo e complexidade que gosto bastante e já comentado aqui no blog, foram bebidas. Além disto, degustamos 2 garrafas do excelente e sempre cativante Orus do amigo Adolfo Lona, uma garrafa do Cave Geisse Blanc de Blanc, novidade que ainda não conhecia e me surpreendeu muito. Três espumantes brasileiros de respeito! Bebemos um Cava que também estava ótimo. Entre muitos tintos e brancos, vale destacar o Borgonha levado gentilmente pelo Deco que estava um espetáculo e o evoluído e gostoso  Triennes St. Auguste, gentilmente oferecido pelo Emerson. Foi um dia memorável e que neste ano a gente consiga repetir diversos encontros como este!

Um comentário:

Anônimo disse...

Dos 21, salvam-se poucos.