3 de janeiro de 2013

Casa Valduga Prosecco / Casa Perini Brut Champenoise

Nome: Casa Valduga Prosecco / Perini Brut Champenoise
Safra: -
País: Brasil
Região: Vale dos Vinhedos
Produtor: Casa Valduga / Perini
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay e Pinot Noir
Teor alcoólico: 11,5% / 11,8%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 80 / R$ 70
Onde foi comprado: Champanharia Ovelha Negra, no Rio
Quando foi comprado: 27 de novembro de 2012
Degustado em: 27 de novembro de 2012
Onde Bebeu: Champanharia Ovelha Negra, no Rio
Harmonizado com: -
Com quem: Claudio, Rafaela, Milena, Emília e Ana Cristina

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Final de semestre causa uma alegria, mas este tem algo um quê de melancolia. Diferente da turma de mestrado, vários colegas neste primeiro ano de doutorado são de outros estados, o que significa que fizeram o máximo de matérias possível e agora estão voltando para casa. Dá uma tristezinha. Nas últimas semanas, tudo parece ser em clima de despedida. Este encontro não foi diferente. Seria a última terça-feira de aulas neste ano. As meninas passaram o semestre querendo ir na champanharia Ovelha Negra. Assim, a despedida da Emília foi marcada ali. Eu já gostei mais da champanharia. O lugar continua sendo supersimpático, mas o público deu uma variada. Agora, cobram ingresso dos homens. Claudio pagou R$ 25. As mulheres têm entrada liberada, o que já causa pensamentos. Mesmo com esses poréns, o encontro com as meninas foi bem bacana, ficamos alheias ao que se passava ao redor. Bebemos estes dois espumantes, muito bons, na minha opinião. O segundo talvez ficasse ainda melhor com uma comida. Tomara que, apesar das distâncias a partir de agora, o contato com as amizades feitas neste semestre sigam firmes vida afora.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo: 
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: As amigas do doutorado da Rafaela resolveram marcar um encontro de final de período na Champanharia Ovelha Negra em Botafogo. A Ovelha Negra é um lugar bacana, em uma antiga casa, com uma decoração simples e rústica, um grande mesão no meio e uma boa carta de espumantes. Nos últimos anos o local mudou um pouco o perfil, com música, cobrando entrada dos homens e ficando lotado todos os dias, viru um local de "pegação". Apesar da mudança, a carta de espumantes segue boa. Quando chegamos por lá, as meninas já estavam bebendo um Prosecco da Casa Valduga. Não é o meu preferido deste ótimo produtos de espumantes, mas estava bom. O segundo espumante da noite foi o Perini Champenoise, que eu mesmo escolhi. Já estava querendo provar esta espumante há algum tempo. Gostei bastante, mas tenho que provar novamente para uma melhor avaliação, de preferência acompanhando uma comida, pois achei que ele tem uma boa acidez e bom corpo.
Nota: 

Nenhum comentário: