5 de dezembro de 2012

Bougros Chablis Grand Cru - Thierry Laffay 2007

Nome: Bougros Chablis Grand Cru
Safra: 2007
País: França
Região: Chablis
Produtor: Thierry Laffay
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay 100%
Teor alcoólico: 12,9%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Na vinícola, em Chablis
Quando foi comprado: Setembro de 2010
Degustado em: 9 de novembro de 2012
Onde Bebeu: Em casa, no Rio
Harmonizado com: Salmão com legumes e salada
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Nesta noite, fiz salmão pela primeira vez na vida. Claudio estava em um compromisso de trabalho e demorou bastante para chegar em casa. Então, tive de fazer algo que até então nunca tinha feito: ir ao supermercado escolher eu mesma um pedaço de salmão e depois prepará-lo. Até que não ficou dos piores. Este vinho foi uma ótima surpresa. Claudio havia me avisado de que se tratava de um ótimo vinho, mas não imaginei que seria tão bom assim! Perfeito com nosso prato. No meio "de boca", como me corrigiu o Claudio, senti um gosto docinho. Não é um vinho fácil de ser encontrado por aqui, mas se algum dia alguém for a Chablis, recomendo fortemente comprar uma garrafa.
Nota: 93.0

Comentário do Claudio
Rótulo: 
Exame visual: amarelo bem clarinho.
Exame olfativo: Complexo, rico, com notas frutadas misturada com toques minerais.
Exame gustativo: Bbeber um chardonnay de qualquer parte do mundo é uma coisa, beber um bom Chablis é outra completamente diferente. Um Chablis é sempre um prazer e este Bougros que compramos diretamente do produtor quando estivemos por lá, não foge à regra. Em boca apresenta ótimas características dos vinhos daquela região, boa complexidade, notas frutadas e em seu final marcado pela acidez e mineralidade intensa. Boa presença em boca. Um vinho muito elegante e complexo que foi muito bem com o nosso salmão preparado pela Rafaela. temos que voltar em Chablis para comprar outros vinhos.
Nota: 91.0 +

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.