11 de novembro de 2012

Cannubi Barolo 2005 / Biondi Santi Brunello di Montalcino 2004 / Dal Forno Romano Amarone della Valpolicella 1996

Nome: Cannubi / Biondi Santi / Dal Forno Romano
Safra: 2005 / 2004 / 1996
País: Itália
Região: Piemonte / Toscana / Vêneto
Produtor: Cascina Adelaide / Biondi Santi / Dal Forno Romano
Importador: Abflug/ Mistral / -

Uvas/Corte: Nebbiolo 100% / Sangiovese 100% / Corvina 60% Rondinella 20%, Croatina 10%, Oseleta 10%
Teor alcoólico: 14% / 13% / 17,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 18 de setembro de 2012
Onde Bebeu: Restaurante Giuseppe Grill, no Rio
Harmonizado com: -
Com quem: Claudio e demais convidados.

Comentário do Produtor
-

Comentário do Claudio
Rótulo: -
Exame visual:
Exame olfativo: 
Exame gustativo: Um passeio pela Itália através de grandes vinhos. Assim foi o jantar no bom restaurante Giuseppe no Leblon na companhia de alguns amigos. Primeiro vinho da noite foi um Barolo. O amigo e blogueiro Guilherme de Brasília tinha bebido este mesmo vinho dias antes e me alertado que estava extremamente novo. Como já tinha combinado de levar o Barolo resolvi pagar para ver. Talvez tenha ido preparado para um vinho muito novo, mas a verdade é que ele me surpreendeu. É sem dúvida um grande Barolo e com certeza tem muitos anos ainda pela frente, mas foi muito prazeroso bebê-lo agora. Muita personalidade. Foi um belo início dos trabalhos. Passamos para o segundo vinho, mudando de região e desembarcando na Toscana. O Brunello do Biondi Santi dispensa apresentações. Vinho de extrema elegância, com vida muito longa ainda pela frente. Quem, assim como eu, é fã de Sangiovese, tem que provar os vinhos deste produtor. Foi um belo contraponto ao último vinho da noite que já estava respirando no decanter. Mais uma vez, mudamos de região e partimos para a potência de um Amarone. O Dal Forno Romano, com 16 anos de vida, mostrou-se em excelente forma para ser bebido. A idade deixou-o ainda mais complexo, sem perder toda a presença característica dos Amarones. Excelente qualidade, muito macio em boca, prazer garantido. Foi uma noite de excelentes vinhos, e foi muito interessante ver vinhos tão distintos, de regiões que produzem vinhos com características próprias, todos de excelente qualidade e muita personalidade. Viva a Itália!
Nota: -

Um comentário:

Alexandre Frias disse...

que beleza Claudio...

Viva a Italia!