8 de outubro de 2012

Martínez Lacuesta Crianza 2006


Nome: Martínez Lacuesta
Safra: 2006
País: Espanha
Região: Rioja
Produtor: Martínez Lacuesta
Importador: -

Uvas/Corte: Tempranillo, Graziano e Mazuelo
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: Pouco menos de R$ 100
Onde foi comprado: Restaurante eñe, em São Conrado, no Rio
Quando foi comprado: 13 de setembro de 2012
Degustado em: 13 de setembro de 2012
Onde Bebeu: Restaurante eñe, em São Conrado, no Rio
Harmonizado com: Menu degustação
Com quem: Claudio, Rafaela, Miguel e Paula

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Já havíamos vivenciado esta experiência do menu degustação do eñe em janeiro do ano passado. Como da outra vez, fomos porque compramos um cupom no Peixe Urbano pela metade do preço. Atualmente, o menu de oito pratos está custando R$ 185, um pouco caro para nossos padrões. Pela metade, acho que vale a pena o investimento. A comida é saborosa. Pode assustar quem tem medo de provar coisas que não conhece, ainda mais que só se fica sabendo dos pratos na hora em que chegam à mesa. Eu não sou a pessoa mais aberta do mundo quando se trata de experimentar comidas diferentes, mas acho que vale a pena tentar vencer essas pequenas barreiras. Os pratos estavam muito bons e o vinho que escolhemos para acompanhar também estava delicioso. Adorei. Tem um estilo que me agrada muito, bem manso e fácil de gostar. Recomendo.
Nota: 89.0


Comentário do Claudio
Rótulo: -
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Fomos jantar o menu degustação do restaurante espanhol Eñe. O restaurante é muito bacana e o menu, com 8 pratos, todos escolhidos pelo chef, é muito interessante. Para acompanhar a noite escolhi um vinho que não conhecia e não tinha nenhuma referência. Este Rioja se mostrou uma boa surpresa. Já bastante evoluído, se você tiver uma garrafa deste vinho na adega abra logo, mostrava sinais de já ter atingido o seu máximo. De qualquer modo o vinho apresentou-se elegante, taninos domados, bem estilo velho mundo e com um bom final de boca. Não brigou em nenhum momento com os diferentes pratos degustados. No geral foi um vinho que agradou. Gostaria de provar uma safra mais nova deste vinho para ver se segue este mesmo estilo ou se um par de anos fazem muita diferença para ele. Um bom vinho que vale ser conhecido.
Nota: -

Nenhum comentário: