1 de agosto de 2012

Santa Ema - Cabernet Sauvignon 2010 #cbe

Nome: Santa Ema
Safra: 2010
País: Chile
Região: Maipo
Produtor: Santa Ema
Importador: Vinoteca Brasil

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon 100%
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 21 (meia garrafa)
Onde foi comprado: Loja Candy, na Cobal, no Rio
Quando foi comprado: Julho de 2012
Degustado em: 30 de julho de 2012
Onde Bebeu: Em casa, no Rio
Harmonizado com: Massa da Veronese, com molho de gorgonzola com cogumelos
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Color Rojo rubí intenso.AromaIntenso y delicado, recuerda frutas rojas como ciruelas, moras y frambuesas, acompañadas de suaves notas de tostado. Paladar Vino redondo de muy buen balance y persistencia. Gastronomía Consumir con carnes rojas, platos condimentados, guisos, estofados y quesos

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Eu nem sabia do tema da CBE quando o Claudio chegou em casa com a garrafinha do Santa Ema. Ele só me disse: comprei para a CBE, você vai adorar o tema. Ontem, enquanto bebíamos o vinho, ele leu o e-mail do Gustavo, do Enoleigos, propondo o tema do mês. Achei tão bonito o tema e mais bonitinho ainda o Claudio por ter escolhido este vinho. O vinho em si é bem correto, simples, gostoso. Para nós, porém, trás uma lembrança muito boa. Foi o primeiro vinho que bebemos juntos, na noite em que nos conhecemos, no dia 25 de novembro de 2005, em Curitiba. Também é, obviamente, o primeiro vinho do blog. Já bebemos muitos outros vinhos de lá para cá. Muitos mesmo. Este, porém, continua tendo esse significado especial. Enquanto o bebíamos, desta vez, ficamos tentando lembrar o que tínhamos conversado naquele primeiro encontro. Amenidades, chegamos à conclusão. Obrigada, Gustavo, por nos fazer lembrar de um momento tão bom.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo:
Poderia ser um pouco mais delicado. O dourado e o logo da vinícola separado do restante do rótulo acaba pesando um pouco.
Exame visual: Rubi vivo e intenso.
Exame olfativo: Nariz direto, com algo de pimenta, leves notas vegetais. Depois de um tempo na taça aparece algo de caramelo.
Exame gustativo: Há algum tempo, tinha passado na Cobal e vi na vitrine de uma das lojas de vinhos uma garrafa magnum deste vinho. Tinha pensado em comprá-lo para provarmos em algum momento. Este foi o primeiro vinho que eu e a Rafaela degustamos juntos no dia que nos conhecemos em uma pizzaria em Curitiba e, consequentemente, é o primeiro vinho que publicamos no Le Vin au Blog. Com o tema deste mês, surgiu a oportunidade e resolvi comprar uma meia garrafa para ser o nosso vinho do mês na Confraria Brasileira de Enoblogs. É um vinho de entrada da vinícola. Um Cabernet Sauvignon bem feito e agradável. Equilibrado, não é complexo, com boa presença em boca e final vivo. Um vinho que possui um conjunto correto que ainda evolui bem na taça. Bom custo benefício.
Nota: -

Nenhum comentário: