5 de agosto de 2012

Adolfo Lona Brut / Villa Antinori 2007

Nome: Adolfo Lona Brut / Villa Antinori
Safra: - / 2007
País: Brasil / Italia
Região: Garibaldi / Toscana
Produtor:  Adolfo Lona / Antinori
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay e Pinot Noir / Sangiovese, Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah
Teor alcoólico: 12% / 13.5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 15 / 16,99 euros
Onde foi comprado: Zona Sul / Galeria Kaufhof, em Frankfurt am Main
Quando foi comprado: Abril 2012 / 23 de abril de 2012
Degustado em: 8 de junho de 2012
Onde Bebeu: Em casa, no Rio
Harmonizado com: Lasanha da Veronese
Com quem: Claudio, Rafaela, José Rodrigo e Sabrina

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Quando Claudio vai a São Paulo, volta e meia fica hospedado na casa do Zé Rodrigo e da Sabrina. Num desses encontros, acabaram conversando sobre comidas e lugares que o Zé sentia falta aqui no Rio. Ele disse que gostava da lasanha da Veronese. Quando os convidamos para vir aqui em casa jantar, Claudio teve a ideia de fazer uma surpresa ao Zé. Acho que ele gostou. É uma lasanha bem caseira. Eu gostei também. Para acompanhar algumas entradinhas, abrimos o espumante do seu Adolfo que o Claudio comprou por um ótimo preço em uma promoção do Zona Sul. Estava bom, como sempre. Para acompanhar a lasanha, escolhemos esse Villa Antinori, que eu havia comprado em Frankfurt, na viagem que fiz à Alemanha em abril. Comprei este vinho influenciada pela conversa que ouvi durante um almoço em São Paulo, com o Deco Rossi e o João Filipe Clemente. Naquele dia, provamos um vinho da Antinori, e fiquei com o nome na cabeça. Assim, quando o vi na Kaufhof não tive dúvidas. Quando cheguei, Claudio quis saber porque tinha comprado um vinho tão simples. No final, achei o vinho é bem bom.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo: -

Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Convidamos o casal de noivos, José Rodrigo e Sabrina, para jantarem aqui em casa. Na infância o José Rodrigo costumava comer a ótima lasanha do Veronese, casa com mais de 50 anos, que vende massas frescas e que fica no início de Ipanema. Para fazer uma surpresa resolvemos que o menu do jantar seria a tal lasanha. Para abrir a noite um espumante já nosso conhecido o ótimo Brut do amigo Adolfo Lona, que dispensa comentários e como sempre a garrafa acabou rapidamente. Para acompanhar a lasanha nada melhor que um vinho italiano, escolhemos o Villa Antinori. Ao provar achei que em seu final aparecinha uma leve nota que indicava que ele estava querendo ficar bouchonnè, mas somente eu tive esta impressão. Noite muito agradável.
Nota: 

Nenhum comentário: