19 de junho de 2012

Adolfo Lona Nature

Nome: Adolfo Lona
Safra: -
País: Brasil
Região: Garibaldi
Produtor: Adolfo Lona
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay, Pinot Noir e Merlot
Teor alcoólico: 12%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 15, em megapromoção do Zona Sul
Onde foi comprado: Zona Sul Botafogo, no Rio
Quando foi comprado: -
Degustado em: 4 de maio de 2011
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: -
Com quem: Claudio, Rafaela, Cristiano e Valdirene

Comentário do Produtor
Com a finalidade de ampliar a diversidade de propostas oferecida ao exigente mercado de apreciadores de espumantes de qualidade, Adolfo Lona iniciou em 2005 a tomada de espuma e maturação desse novo produto.
O Nature é produzido a partir de um assemblage de vinhos da safra 2004 elaborado com as uvas tradicionais da Champagne - Chardonnay e Pinot Noir - misturadas a uma parcela menor de Merlot, vinificado em branco.
A presença de uma pequena porcentagem de blanc de noir Merlot permitiu reduzir ligeiramente a acidez e torná-la mais amável.
O resultado é um espumante de cores pálidas, transparente, com um pérlage intenso e persistente, aromas refinados com toques de pão torrado e mel, onde se destaca a complexidade e a leveza dada pela harmonia entre acidez e álcool. A ausência absoluta de açúcares é um desafio que exige esse equilíbrio.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Cris e Val haviam prometido há mais de ano virem nos visitar, mas só agora conseguiram reservar uma data e vir de verdade ao Rio. Claudio foi buscá-los no aeroporto e seguindo a tradição (de levar as visitas sempre nos mesmos lugares :) ), fomos comer sanduíche de queijo e abacaxi no Cervantes. Depois de uma rápida passada no Leme, para Val ver o mar, voltamos para casa. Como a noite ainda era uma criança, abrimos este espumante do seu Adolfo Lona, para comemorarmos a chegada das visitas. A programação no dia seguinte seria intensa.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo: 
Mistura dourado com prateado e verde, design pode evoluir.
Exame visual: Claro, algo como um amarelo pálido
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Este foi o espumante de boas vindas ao Cris e a Val. Eles vieram passar o final de semana no Rio e depois de comer um clássico sanduíche no Cervantes, voltamos para casa e abrimos esta garrafa do Adolfo Lona. Já havíamos degustado este espumante em outra ocasião, mas desta vez ele estava particularmente bom. Comprei algumas garrafas de espumante Adolfo Lona em uma promoção no Supermercado Zona Sul. Não sei se era algum lote antigo, mas esta garrafa pareceu particularmente evoluida. Notas de compota de Abacaxi misturado com notas de amêndoas deixavam este espumante muito interessante e equilibrado. Prazeroso a garrafa acabou rapidamente deixando aquele gosto de quero mais. Espumante no ponto!
Nota: 90.0

Nenhum comentário: