29 de setembro de 2010

Do Lugar - Merlot / Cabernet Sauvignon


Nome: Do Lugar
Safra: -
País: Brasil
Região: Serra Gaúcha
Produtor: Dal Pizzol
Site: www.dalpizzol.com.br
Importador: -

Uvas/Corte: Merlot e Cabernet Sauvignon
Teor alcoólico: 12%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: 11806
Preço: R$ 9
Onde foi comprado: Zona Sul Botafogo
Quando foi comprado: 14 de agosto de 2010
Degustado em: 18 de agosto de 2010
Onde bebeu: Zona Sul Botafogo
Harmonizado com: Pizzas
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Origem da Cepa:
Os varietais Merlot e Cabernet têm suas cepas originárias da famosa Região de Bordeaux na França; conhecida pela alta qualidade de seus assemblage. No Brasil, ambos os varietais alcançaram excelente aclimatação na Serra Gaúcha onde são cultivados já há algumas décadas para a elaboração, principalmente, de vinhos varietais.
Características do vinho:
Este bi-varietal de cor rubi vivo e brilhante harmoniza com excepcional equilíbrio, a consistência encorpada e o toque herbáceo do Cabernet com os frutos vermelhos e a maciez tenra e aveludada do Merlot.
Recomendações gastronômicas:
Acompanha muito bem massas consistentes, pizzas, peixes de sabor intenso e carnes assadas, incluindo aves, defumados, queijos tipo gorgonzola, camembert, chedar, colonial, brie, roquefort, port salut, strogonoff, frango ao molho.

Comentário da Rafaela
Exame visual: Violeta.
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Resolvemos aproveitar a promoção do Zona Sul, que estava oferecendo este vinho na compra de uma pizza. É bem simples, mas honesto.
Nota: 87.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Assim como o vinho o rótulo é simples em preto branco e detalhes em vermelho e prata.
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Vinho bem básico e que não empolga muito. Estava em promoção com uma pizza no Zona Sul e resolvemos comprar. Mas é um vinho unidimensional, correto,mas falta algo para se tornar um vinho um pouquinho mais interessante. Acho interessante a estratégia do Zona Sul de estimular a venda de vinhos com suas pizza e regularmente colocam uma meia garrafa na promoção. Assim como a Dal Pizzol, outras vinícolas deveria pensar nesta estratégia visando pegar aquele consumido que não bebe vinho regularmente e fica inseguro em comprar uma garrafa grande. É um bom caminho para tentar aumentar a base de consumo do vinho.
Nota: 84,0 - 85,0

28 de setembro de 2010

Real Lavrador 2009


Nome: Real Lavrador
Safra: 2009
País: Portugal
Região: Alentejo
Produtor: Adega Coop. de Redondo
Site: -
Importador: -

Uvas/Corte: -
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: -
Quando foi comprado: -
Degustado em: 19 de agosto de 2010
Onde bebeu: Casa da Ângela
Harmonizado com: Founde de queijo, amendoins e muitas risadas gostosas
Com quem: Rafaela, Antonio, Ana, Angela, Neusa e Tati - depois Rodrigo e Maurício

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Depois de semanas de muita tensão, tínhamos muito para comemorar. O encontro, como todos os outros ao longo dos últimos meses, foi fantástico. Rimos de doer a barriga. As meninas dançaram, bebemos muitas garrafas de vinho - este português muito bom levado pela Ana foi só o começo -, contamos histórias, comemos founde delicioso, brincamos com a Julinha, descobrimos o que era bolo holandês (feito, claro, pela Neusa), aprendemos um pouco sobre vinhos com o Antônio, fomos fotografados em close pelo Rodrigo e tanto mais... O mestrado trouxe muito trabalho, mas está valendo a pena especialmente pela convivência com esses colegas maravilhosos. Nosso colégio invisível é imbatível! Que venham outros encontros em breve.
Nota: 88.0

Pergunta da Semana - 188

Inspirados no post sobre bag-in-box, publicado no blog Enoblog, o Le Vin ao Blog gostaria de saber nesta semana:

- Você já comprou vinho em bag-in-box? Tem algum tipo de restrição a esse tipo de embalagem?

27 de setembro de 2010

Hex Von Wein Reserva Especial - Cabernet Sauvignon 2007



Nome: Hex Von Wein Reserva Especial
Safra: 2007
País: Brasil
Região: Picada Café, RS
Produtor: Vinícola Hex von Wein
Site: http://www.vinhoorganico.com.br/index.html
Importador: -

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon 100%
Teor alcoólico: 12,6%
Rolha: Tampa de rosca na garrafa de 187 ml
Numeração da garrafa: -/1.575
Preço: R$ 10, a garrafa de 375 ml
Onde foi comprado: Feira Brasil Rural Contemporâneo, na Marina da Gloria
Quando foi comprado: 8 de outubro de 2009
Degustado em: 19 de agosto de 2010
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: -
Com quem: Claudio

Comentário do Produtor
As parreiras da Hex baseiam-se na biodiversidade, ou seja, na eliminação da monocultura e cultivo de várias espécies no mesmo habitat. Em resumo, na nossa produção voltamos aos antigos modelos de produção agrícola, amenizando as mudanças no sistema biológico. Assim, o solo produz uma fruta mais autêntica, particular, caracterizando o produto de acordo com a região e expressando o real terroir. Quando o solo recebe quimicamente os nutrientes que lhe faltam, até chegar ao ponto ideal de produção, ocorre a massificação da variedade, ou seja, em qualquer lugar do mundo o produto tem as mesmas características. A Coopernatural lançou o vinho Cabernet Sauvignon orgânico certificado Safra 2007 na Bio Fach em São Paulo. As uvas desta safra foram selecionadas a dedo, as melhores uvas, as mais sadias e as mais maduras, somente o melhor da produção, compõem este vinho de alto padrão enológico. A fermentação foi com controle de temperatura, não ultrapasando os 25 graus, o envelhecimento vai ser em barricas de carvalho francês. Com graduação alcoólica de 12,6%. A produção de 2007 está limitada a uma produção de 1.575 unidades. Um dos primeiros vinhos finos orgânicos do Brasil.

Comentário do Claudio
Rótulo:
Formato diferenciado lembrando uma folha. Simples, correto e equilibrado. De acordo com o vinho.
Exame visual: Bonita cor grená escuro com alos alaranjados.
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Abri mais uma das garrafinhas de 187 ml que compramos deste vinho. Continua com o bom resultado das outras garrafas degustadas. Ainda tenho outras garrafinhas para acompanhar a evolução.
Nota: 87.0

25 de setembro de 2010

Pergunta da Semana - 187

Nesta semana, o Le Vin au Blog pergunta:

- Entre as uvas brancas mais populares, Chardonnay e Sauvignon Blanc, qual a sua preferida?

24 de setembro de 2010

Norton - Malbec D.O.C. 2007


Nome: Norton
Safra: 2007
País: Argentina
Região: Luján de Cuyo
Produtor: Bodegas Norton
Site: www.norton.com.ar
Importador: Trop - Winebrands

Uvas/Corte: Malbec 100%
Teor alcoólico: 14%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 16,95
Onde foi comprado: Cadeg
Quando foi comprado: 14 de agosto de 2010
Degustado em: 18 de agosto de 2010
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Massa do Bortolon com molho de tomate
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Viu Manent: Tiene un color rojo rubí

Comentário da Rafaela
Exame visual: Violeta.
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Esses dias fomos a Cadeg e o Claudio resolveu comprar essa meia garrafa para uma noite em que quiséssemos beber apenas uma tacinha cada um. Definitivamente, meias garrafas são ideais para jantares ligeiros no meio da semana. Este é um vinho bem gostoso, bem feito e equilibrado. É sempre uma boa compra.
Nota: 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Tradicional rótulo do Malbec DOC. Equilibrado.
Exame visual: Rubi, indo para o violeta
Exame olfativo: Início com leve álcool, depois abria para frutas vermelhas.
Exame gustativo: Já fazia algum tempo que não provava este Norton. Desta vez se mostrou um típico Malbec argentino, com notas de frutas levemente doces no início, redondo e fácil de se beber. Um vinho que agrada, equilibrado e bem feito. Uma opção de bom custo para quem quer um Malbec.
Nota: 87.0

23 de setembro de 2010

De volta à ativa



O Le Vin au Blog fez uma pausa no último mês, mas foi por um ótimo motivo. Nos próximos dias, voltaremos à ativa mostrando tudo que provamos e gostamos nas últimas semanas.

Viu Manent Gran Reserva - Cabernet Sauvignon 2008 / Q Zuccardi - Merlot 2003 / Doña Dominga Late Harvest - Sauvignon Blanc e Semillon 2008


Nome: Viu Manent Gran Reserva / Q Zuccardi / Doña Dominga Late Harvest
Safra: 2008 / 2003 / 2008
País: Chile / Argentina / Chile
Região: Valle de Colchagua / Mendoza / San Fernando
Produtor: Viu Manent / Familia Zuccardi / Viña Casa Silva
Site: www.viumanent.cl / www.familiazuccardi.com / www.casasilva.cl
Importador: Hannover / - / Zona Sul

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon / Merlot / Sauvignon Blanc e Semillon
Teor alcoólico: 14% / 14% / -
Rolha: Cortiça / Cortiça / Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 39,90 / Gentilmente oferecidos pelo Flavio e pela Cris
Onde foi comprado: Griffe dos Vinhos-Cadeg / Buenos Aires / Zona Sul

Quando foi comprado: 14 de agosto de 2010 / 2007 / 14 de agosto de 2010
Degustado em: 14 de agosto de 2010
Onde bebeu: Casa da Cris e do Flavio, em Botafogo
Harmonizado com: Creme de cogumelos
Com quem: Claudio, Rafaela, Cris e Flavio

Comentário do Produtor
Viu Manent: Tiene un color rojo rubí profundo. En nariz muestra aromas a cereza madura, cuero y hierbas dulces. En boca evidencia sabores a ciruela y chocolate, complementado con una dominante nota de café expresso. Tiene una gran estructura, con un roble bien integrado y taninos elegantes que conducen a un largo y persistente final.
Q Zuccardi: -
Doña Dominga: Light yellow with with green hues. Lively on the nose with ripe green melon notes. On the palate, excellent acidity with notes of mango and citric fruits.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Flavio e Cris são nossos amigos que moram mais perto daqui de casa, mas isso não quer dizer que nos vejamos muito seguido. Tirando uns encontros casuais no Zona Sul, parece que moramos em cidades diferentes. Estávamos para visitá-los fazia quase dois anos. Finalmente, deu tudo certo. A noite começou com aperitivos gostosos do Sítio Humaitá, eu tirando algumas dúvidas com o Flavio sobre um livro que estou lendo e a conversa fluindo gostosa. Flavio preparou um creme de cogumelos muito gostoso. Não foi por acaso que todos repetimos. Claudio tinha comprado um vinho para levar, mas quando fomos prová-los, sentimos um gosto esquisito. Para mim, com minhas referências do interior, parecia o cheiro daquelas árvores que caem no meio do mato e vão apodrecendo lentamente. Flavio acabou abrindo um da adega dele, o Q Zuccardi, bem gostoso. Para acompanhar a sobremesa, o adocicado Doña Domingo, muito bom. Adoramos!
Nota: - / 88.0 / 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
-
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Havia comprado o Viu Manent para levar na casa do Flávio e da Cris. Quando abrimos o vinho, de cara, senti um cheiro estranho. Resolvemos colocar no decanter, e, depois de um tempo, quando fomos provar, o vinho realmente estava ruim. É sempre frustrante quando você abre o vinho e ele está ruim e pior ainda quando você leva o vinho para o jantar na casa de alguém. De qualquer modo, a importadora prontamente trocou a garrafa e em breve vamos degustar e colocar nossa impressões aqui no blog. Com isso, o Flávio ofereceu uma garrafa que ele tinha em casa do Q Zuccardi e para acompanhar a sobremesa um Late Harvest da Dona Dominga. A noite foi muito agradável, apesar das surpresas com o vinho.
Nota: -

16 de setembro de 2010

Pergunta da Semana - 186

Inspirados em nossa rápida passagem pela Itália, nesta semana o Le Vin au Blog pergunta:

- Se você fosse comprar um vinho italiano, tendo o mesmo valor, qual seria? Um amarone, um barolo, um brunello?

9 de setembro de 2010

Pergunta da Semana - 185

Dias atrás, provamos vinhos de Bandol, cidade praiana do Sul da França. Inspirados nessa ótima experiência, nesta semana, o Le Vin au Blog pergunta:

- Fora das regiões mais badaladas da França, de quais regiões você já provou vinhos e gostou?

1 de setembro de 2010

Pergunta da Semana - 184

Acabamos de conhecer as regiões de Chablis, Borgonha e Boujolais. Inspirados em nossa viagem pelo interior da França, o Le Vin au Blog quer saber:

- Se você fosse escolher um vinho, de qual dessas regiões seria?