25 de novembro de 2010

La Croisette Bio Blanc de Blancs - La Ravine Blanc de Noir


Nome: La Croisette Bio Blanc de Blancs - La Ravine Blanc de Noir
Safra: -
País: França
Região: Reims
Produtor: Leclerc Briant
Site: http://www.leclercbriant.com/
Importador: -

Uvas/Corte: 100% Chardonnay, 100% Pinot Meunier
Teor alcoólico: 12,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: 7 euros a taça
Onde foi comprado: Le Bistrot du Forum, Reims
Quando foi comprado: 19 de setembro de 2010
Degustado em: 19 de setembro de 2010
Onde bebeu: Le Bistrot du Forum, Reims
Harmonizado com: Frango com cogumelos e batatas fritas
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do ProdutorVin issu de raisins en culture biologique certifiés par Ecocert,en conversion vers Demeter.

Vin issu de raisins en conversion vers l'agriculture biologique certifiés par Ecocert, en conversion vers Demeter.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Em nosso penúltimo dia na França, aproveitamos para conhecer o novo Centre Pompidou, em Metz. É muito bonito, lembra uma cadeira de palhinha. Depois, passamos o dia na estrada, parando apenas para um lanchinho no Paul. Chegamos a Reims já no fim do dia e não foi nada fácil encontrar um restaurante na noite de domingo. Acabamos optando pelo que mais nos agradou entre as opções que estavam dentro do que queríamos gastar. Os espumantes que acompanharam nossa comida estavam bons, mas os pratos vieram um pouco passados demais. Este restaurante, descobrimos depois, é dos mesmos donos do L'Imprimerie que nos salvou na noite em que chegamos a Dijon famintos. Fizemos os primeiros brindes ao meu aniversário que seria no dia seguinte, dia em que nos despediríamos da França passeando por Paris.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo:
-
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Quando estava planejando a viagem, coloquei uma rápida parada em Reims. Sabia que não daria tempo de fazer um passeio que a região de Champagne merece, mas mesmo assim, resolvi dormir uma noite por lá e beber um Champagne. Foi isto que fizemos. Depois de uma passagem por Metz para conhecer novíssimo museu Pompidou, chegamos no final do dia em Reims. Era Domingo à noite e como estávamos sem referências tivemos dificuldade de encontrar um lugar para jantar. Escolhemos o Bistrot du Forum na place du Forum. Estavam servindo estes dois champagnes do produtor Leclerc Briant em taças. Dois ótimos espumantes de produção biodinâmica, com muita complexidade e delicadeza. Do tipo de Champagne que você poderia beber diversas taças. Muito prazeroso. A passagem foi rápida, mas o suficiente para deixar aquela vontade de voltar com calma.
Nota:
90.0 +

Nenhum comentário: