26 de outubro de 2010

Domaine Combe Juliere - Rasteau 2007


Nome: Domaine Combe Juliere
Safra: 2007
País: França
Região: Rasteau AOC Côtes du Rhône Villages
Produtor: Domaine Combe Juliere
Site: http://www.combe-juliere.com/
Importador: -

Uvas/Corte: 70% grenache, 20% mourvedre e 10% carignan
Teor alcoólico:14,5%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: -
Preço: 7 euros
Onde foi comprado: Festa Les 15eme Ban des Vendanges
Quando foi comprado: 4 de setembro de 2010
Degustado em: 4 de setembro de 2010
Onde bebeu: Festa Les 15eme Ban des Vendanges, em Avignon
Harmonizado com: Frango assado e pães, comprados na própria festa
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Ce vin se présente sous une très belle robe, soutenue et sombre, aux reflets violacés. Le nez de réglisse et de fruits rouges cuits est intense, riche et complexe. La bouche révèle une belle concentration avec une structure tannique ronde et soyeuse. Les arômes de confiture de fraise sont très présents

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Depois de um belo dia no Luberon, passeando por aquelas cidadezinhas charmosas, chegamos de volta a Avignon para uma festa que havíamos visto o cartaz na noite anterior ao andar pela praça central. Ficamos curiosos e bem animados. Quando chegamos ao centro de Avignon, avistamos várias pessoas com tacinhas de vinhos. Ficamos meio nervosos... Será que já havia acabado? Subimos quase correndo a ladeira que levava ao parque Cathédrale de Notre Dame des Doms, onde estava sendo realizada a festa. Quando chegamos mais perto, logo vimos que a festa ainda ia longe. Compramos nossas tacinhas, dois euros cada, ainda conseguimos degustar alguns vinhos que estavam sendo apresentados pelos produtores da região. Feito isso, resolvemos dar uma olhada em algo para comermos. Gostamos do frango e, principalmente, das batatas. Compramos o vinho e fomos para a fila do frango. Quando chegou nossa vez, depois de longa, mas agradável, espera, não havia mais batatas, mas mesmo assim o jantar foi tribom. O astral do lugar, da festa, da vista para o rio Rhône, tudo ajudou a termos uma noite fantástica. Para completar, a banda tocava rock e depois de termos jantado, fomos para lá dançar. Acho que nunca tinha dançado tanto. Tocou até uma música que adoro, do filme Pretty in Pink. Amei! Saímos felizes.
Nota: -

Comentário do Claudio
Rótulo:
Rótulo comemorativo com a identidade visual da festa.
Exame visual: Rubi intenso
Exame olfativo: Forte e interessante com muitas especiarias.
Exame gustativo: O dia começou com um programa que gosto muito: fomos à cidade de Apt para a grande feira livre que tem na cidade nas manhãs de sábado. A feira é muito bacana, compramos várias coisas gostosas para o nosso almoço. Valeu o passeio. De lá, seguimos para visitar outras cidades da bela região do Luberon. Depois seguimos para visitar Châteauneuf-du-Pape. Visitamos algumas caves, degustamos vinhos e resolvemos ir até o Domaine du Pegau, pois queria comprar uma garrafa para trazer. Começamos um bate-papo com o senhor que estava tranquilamente sentado na cave esperando por algum cliente. Falamos em todas as línguas existentes, começávamos em espanhol, emendava em um italiano, passava para francês e ainda teve português e inglês. Degustamos uma taça do ótimo vinho que foi aberta na hora para a gente. Resolvemos pedir uma garrafa para levar. Aí o senhor perguntou: "Vocês estão viajando de carro?" "Sim." "Ainda vão viajar por muitos dias?" "Sim." "Então não vou vender para vocês. O vinho vai sofrer durante essa viagem e quando vocês forem abrir ele não estará bom!" Acabamos comprando outros vinhos em uma loja perto dali... De lá, seguimos para a festa de início da colheita em Avignon. Não há nada melhor que quando você está viajando, chega a algum lugar e encontra uma festa local, algum evento inesperado ou alguma celebração tradicional do lugar. Isto é muito bacana e acaba sendo sempre momentos únicos nas viagens. Já havia passado por esta situação na Espanha e agora participamos desta festa em Avignon. A noite estava bonita, o visual do Rio Rhône e do Palais du Pape perfeito e o clima das pessoas, ótimo. Todos estavam bebendo vinhos. Depois de comprar as taças do evento, provamos alguns vinhos que estavam sendo oferecidos pelos produtores locais e compramos uma garrafa oficial do evento. O vinho bem feito, com bom corpo, notas de especiarias e final com algo de pimenta. Muito interessante e harmonizou perfeitamente com o clima, a música, o local e toda a festa. Foi uma ótima noite, aproveitamos bastante.
Nota: 87.0+

Nenhum comentário: