9 de agosto de 2010

Salton Talento 2005


Nome: Talento
Safra: 2005
País: Brasil
Região: Vale dos Vinhedos
Produtor: Salton
Site: http://www.salton.com.br/
Importador: -

Uvas/Corte: 60% Cabernet Sauvignon, 30% Merlot e 10% Tannat.
Teor alcoólico: 13%
Rolha: Cortiça, bem difícil de sair
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 38,90
Onde foi comprado: Cadeg em São Cristóvão
Quando foi comprado: 10 de julho de 2010
Degustado em: 28 de julho de 2010
Onde bebeu: Em casa, no Rio
Harmonizado com: Pão de São Francisco, gentilmente nos presenteado pela mãe do Claudio
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Composição: 60% Cabernet Sauvignon, 30% Merlot e 10% Tannat. Após a colheita manual, as uvas são selecionadas, o cacho e os melhores grãos. Após uma maceração fria pré-fermentativa segue para a fermentação e a maceração tradicional que pode durar até 20 dias. Após clarificação espontânea o vinho é acondicionado em barricas de carvalho francês novo meio tostado, por um período de um ano e após mais um ano de amadurecimento em nossas caves.

Comentário da Rafaela
Exame visual:
Exame olfativo: Não sei se é o meu nariz, mas ultimamente os vinhos têm começado com cheiro intenso, mas que vai desaparecendo ao longo da degustação.
Exame gustativo: Este vinho é um dos que mais nos impressiona entre os vinhos produzidos no Rio Grande do Sul. Ele não tem taninos marcados e deixa um gosto de morango na boca. É um vinho bem feito, bom e que, de uma forma ou de outra, sempre vai agradar àqueles que não têm preconceitos com vinhos brasileiros.
Nota: 88.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Um rótulo com personalidade marcante que combina com o caráter do vinho.
Exame visual: Rubi vivo e intenso.
Exame olfativo:
Exame gustativo: Aproveitei o ótimo preço do Talento na Cadeg, R$ 38,90 (alguém viu preço menor para este vinho?), resolvi comprar esta garrafa da safra 2005 para provar novamente o Talento. Primeira safra que provei foi a 2002. Foi um vinho que gostei muito, tinha um equilíbrio e elegância e buscava um caminho mais pro velho mundo. Um estilo que me agrada muito. Depois provei duas vezes a safra 2004 e seguia um estilo mais moderno, frutado com mais madeira, novo mundo. Fui com muita curiosidade provar a 2005 com esperança de ser mais próximo da 2002, porém ele está mais perto da 2004. Vinho intenso e moderno, lembrando muito algumas garrafas argentinas já provadas. Muita fruta, notas altas, concentração de sabor no céu da boca, com ameixa, morango e cassis. É bem feito, mas ainda prefiro o 2002. Descobri uma loja em Copacabana que tem uma garrafa desta safra para vender. Será que ainda está bom? Fiquei curioso para comprar e quem sabe fazer uma vertical. Mais alguém tem esta impressão sobre as safras do Talento?
Nota: 88.0

3 comentários:

Alexandre disse...

Olá!

Faz muito tempo que bebi o Talento, tanto 2004 e 2005, mas não tomei nota.

O 2005 ainda tá bem vivo? (Costumo ter o pé meio atrás com a longevidade dos vinhos nacionais)

Belo post!

Alexandre Takei
http://etilicasnotas.blogspot.com

Mauro disse...

Claudio, apesar de eu nunca ter deixado um comentário no seu blog, sou um leitor assíduo dele, já me sentindo virtualmente íntimo de você e de sua simpática Rafaela. Sou também um carioca apaixonado por vinhos e concordo plenamente com você em relação ao Talento 2002, um vinho mais sutil e elegante, parecendo um bom Bordeaux, bem diferente dos 2004 e 2005, vinhos mais frutados e amadeirados, lembrando tantos chilenos e argentinos que realmente não fazem o meu estilo...
Aliás, sou um fã do vinho brasileiro, consumidor dos Bettús, Villas Franciones, Valontanos e tantos outros que são motivos de orgulho para nós, brasileiros.
Abraços,
Mauro Raja Gabaglia

Le Vin au Blog disse...

Alexandre, o 2005 está vivo e bom para o consumo. Eu não esperaria muito mais tempo para beber não...não acho que vá evoluir.

Olá Mauro, obrigado por ter comentado. Nossa pergunta desta semana foi inspirado em você.

Estou pensando em comprar a garrafa que eu vi do 2002...quem sabe fazer uma vertical. Já li alguns comentários sobre o 2006 e parece que seque a linha do 2004 e 2005.

Abs.,