13 de maio de 2010

Aracuri - Cabernet Sauvignon 2007



Nome: Aracuri
Safra: 2007
País: Brasil
Região: Campos de Cima da Serra
Produtor: Aliprandini e Meyer Vinhos Finos Ltda
Site: http://www.aracuri.com.brImportador: -

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon 100%
Teor alcoólico: 12%
Rolha: Cortiça
Numeração da garrafa: 337/6.244
Preço: -
Onde foi comprado: Em Vacaria, RS pela mãe da Rafaela
Quando foi comprado: 25 de janeiro de 2010
Degustado em: 22 de abril de 2010
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Penne à bolonhesa
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
O Vinho Aracuri é elaborado com uvas colhidas manualmente, de vinhedo próprio, conduzido em espaldeira, localizado no município de Muitos Capões, nos Campos de Cima da Serra, RS. Está próximo à Reserva Ecológica do Aracuri - área de preservação de lindas araucárias e do papagaio Charão. As características geográficas únicas da região, com elavada altitude (960m) e clima frio, permitem a elaboração de um vinho autêntico, com um sentido do lugar (sense of place). É o resultado da primeira colheita sendo, por isso, vinificado em um estilo jovem. Tem um aspecto límpido, brilhante, com intensidade médio-alta e tonalidade rubi. No aroma destacam-se as notas de amora, cereja, româ, e sutis especiarias. Paladar com acidez equilibrada, com médio corpo e estrutura.

Comentário da Rafaela

Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: A primeira vez que ouvi falar deste vinho foi quando fomos à Vacaria no ano passado. Estávamos tomando café em uma padaria perto da casa da mãe e ali eram vendidos alguns vinhos locais. O nome Aliprandini já me era familiar, pois minha mãe já o havia mencionado algumas vezes, especulando se os vinhedos lá de perto do sítio eram os dele. Na época, não compramos o vinho, mas Claudio acabou ganhando-o de presente de aniversário. Aracuri, para quem não sabe é o nome de uma estação ecológica, que, na minha infância, ficava no município de Esmeralda. Com as divisões de terras para criação de novos municípios, a reserva acabou ficando para Muitos Capões. Basta fechar os olhos para a "ecológica", como chamávamos, desenhar-se na minha mente. No segundo grau, minha turma de Biologia foi até lá para coletar folhas e observar plantas. Foi uma aventura para aquele bando de adolescentes caminhar em meio áquelas araucárias morrendo de medo de se perder e de ficar lá para sempre. Depois dessa nostálgica viagem, voltando ao Aracuri, trata-se de um vinho levinho e gostoso, apesar do toque meio rústico. Mostra bem a uva, com seu gosto bem vegetal. Revelou-se uma boa experiência.
Nota: 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Rótulo simples, sem grandes atrativos. Equilibrado.
Exame visual: Rubi leve.
Exame olfativo: Notas vegetais, pimenta leve.
Exame gustativo: Um cabernet jovem, leve, para ser bebido logo. Se não me engano, esta é a primeira safra que é vinificada destes vinhedos que ficam na interessante região dos Campos de Cima da Serra, no município de Muitos Capões. Mostra bom potencial da uva. Li no blog do Álvaro Galvão sobre um vinho superior que foi lançado agora. Vale ficar de olho nos vinhos da região.
Nota: 86.0

Nenhum comentário: