16 de fevereiro de 2010

Pergunta da Semana - 156

Toda quarta-feira, publicamos aqui uma pergunta relacionada ao mundo do vinho para saber mais sobre os seus hábitos e gostos. Nesta semana, inspirados na boa ideia da Miolo de levar espumante à praia e também pelo calor de 40 graus que vivemos aqui no Rio, o Le Vin au Blog quer saber:

- Você beberia espumante na praia? O que acha da ideia?

7 comentários:

Rafaela disse...

Vou começar eu mesma respondendo a essa pergunta.

Sim! Com certeza eu beberia espumante na praia, especialmente se estivesse na temperatura ideal. Pena que parece que a novidade ficou só lá em Florianópolis mesmo.

Aqui no Rio, desde o ano passado, circulam pela orla da Zona Sul carrinhos vendendo chope, mas eu ainda não provei.

espressa-mente! disse...

A questão por aqui é de legislação municipal! Tanto na orla/calçadão/quiosques como na areia é proibido a venda de produtos em vidro!
Outro ponto é que o espumante é servido em taça de plastico!?!?!

Mesmo assim, SIM, beberia!

Anônimo disse...

Acho que só bebi em algum reveillon, à noite. Mas me animo em beber na praia, de dia, apesar de não ser tão apreciadora de areia+água salgada.
rsrsrs...se tem pessoas que levam um isopor cheio de cerveja. Acho que eu poderi levar espumante...
bjo,
Nina.

Ramon Nogueira disse...

Sem dúvida beberia.

Aprecio deveras a combinação Piscina + espumante, podendo facilmente estendê-la à praia.

Foi uma ótima iniciativa da Miolo, só o que ela gerou de marketing já valeu.

marcos nunes disse...

Normalmente bebo vinho branco, muito raramente espumante. Meu à beira da praia, no caso, é em restaurantes/quiosques próximos à areia; por exemplo, em Trancoso - BA há uma pousada cujo restaurante é a beira-mar, e lá são servidos vinhos e espumantes regularmente - principalmente importados.

Giovanni disse...

Soube de três casos neste verão de amigos que não se sentiram bem ao tomar espumante sob o sol forte. Tenho certeza de que dois deles não bebem muito, portanto parece haver algum efeito negativo do consumo de espumante com muito calor. Espero que algum cientista possa explicar o fenômeno (ou defender que foi coincidência).

Gourmandise disse...

Giovanni,
Assim como qualquer outra bebida alcoólica, a qualidade ou quantidade podem estragar um dia de Sol na praia. Quem sabe alternar taças de um bom espumante com água. Assim o organismo desidratado pelo calor se equilibra com água e não se desiquilibra com álcool.

abs,
Nina.