10 de fevereiro de 2010

Pergunta da Semana - 155

Toda quarta-feira, publicamos aqui uma pergunta relacionada ao mundo do vinho para saber mais sobre os seus hábitos e gostos. Nesta semana, inspirados no prazer que temos em conhecer novas lojas e passear entre garrafas de vinhos, o Le Vin au Blog quer saber:

- Você tem alguma loja de vinhos preferida? Costuma ser fiel ou para você não importa muito o lugar em que vai comprar suas garrafas? Quais são os seus critérios na hora de escolher uma loja?

7 comentários:

marcos nunes disse...

Para casa compro mesmo é na Mistral ou na Wine Store, para não ficar carregando garrafas pela rua. Costumo frequentar o Santa Fé (Flamengo), Symphosium (Laranjeiras) ou o Di Vino (Tijuca) que vendem para quem quiser levar mas também servem na hora.

espressa-mente! disse...

Não sou fiel à loja nenhuma! Ate porque elas também não são aos vinhos que representa e muito menos, aos preços que pratica!

A Mistral por exemplo, tem a cara de pau de reajustar vinhos ditos em “promoção”!

Anônimo disse...

Tampouco sou fiél à loja ou à importadora alguma!
Compro em quem tiver o melhor preço e condições adequadas de armazenamento.
Vinhos mais caros, trago de viagens.
Acho um abuso os preços praticados no Brasil! Acobertados pela desculpa dos altos impostos - são altos mesmo - os importadores dobram, triplicam, quadruplicam preços de vinhos. Piada da qual não acho graça.
Carlos Reis

Gourmandise disse...

Uma pena que todos nós, consumidores de vinhos, temos que adquirí-los em alguma loja ou importadora. Os mais caros, podemos trazer de fora, mas no dia-a-dia todos acabam comprando no país - gostando ou não do preço.
bjo,
Nina.

Anônimo disse...

A mistral tava boa até a virada do ano. Agora, pfff...
A vinci (internet) nao exagerou na suida (ainda) e tem um frete em conta. Compramos sempre lá, pois tem os dificeis Terra andina merlot, kaiken ultra e os Lucas.
A Symposium é bacana, mas pra beber lá. E a Espaço Di Vino é muito boa. em honesta. Tenho ido sempre que posso nas degustaçoes deles. Marcus, provavelmente já nos vimos por lá,
Fora isso, Cadeg... O insuperável

Abs,
Buko

Vitor disse...

Caríssimos,

Como moro perto da fronteira, compro vinhos argentinos "direto da fonte". Pra chilenos e portugueses, há boa oferta aqui pertinho, no Paraguai.

Quanto aos demais, fico sempre de olho nas promoções das importadoras e compro pela internet (morar longe tem dessas coisas). Tenho comprado mais na Vinci e na Mistral.

Ainda assim, sempre que vou a Curitiba, volto com algumas garrafas das importadoras que têm lojas na cidade.

De olho nas oportunidades!

Abç.

João Filipe Clemente disse...

Se esse é o perfil do consumidor, já estou tremendo nas bases!! Brincadeiras à parte, sempre tive umas três ou quatro lojas com as quais criei uma certa cumplicidade. Cada uma a seu estilo, mas todas com a mão do dono, atendimento personalizado e atencioso, bom bate-papo e bons preços.
Gosto de sentar no balcão e ficar trocando idéias com quem está me atendendo, eventualmente toamar uma taça de um vinho que não conheço.