1 de fevereiro de 2010

Domaine Robert Sérol - Les Vieilles Vignes 2008


Nome: Les Vieilles Vignes
Safra: 2008
País: França
Região: Côte Roannaise
Produtor: Domaine Robert SÉROL
Site: http://www.domaine-serol.com/
Importador: -

Uvas/Corte: Gamay 100%
Teor alcoólico: 12%
Rolha: -
Numeração da garrafa: -/45.000
Preço: Geralmente oferecido pela Marie
Onde foi comprado: Paris, durante a última viagem da Marie
Quando foi comprado: Setembro de 2009
Degustado em: 9 de janeiro de 2010
Onde bebeu: Casa do Mário e da Marie
Harmonizado com: Deliciosas bruschettas do Mário
Com quem: Claudio, Rafaela, Mário e Marie

Comentário do Produtor
Cuvée sélectionnée sur des vignes d'au moins quarante ans d'âge.
Elle exprime à la fois les fruits du Gamay Saint Romain et la minéralité de nos sols granitiques.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Nos primeiros dias de 2010, recebemos uma notícia bem desoladora, a de que o Petit Gateau tinha partido. Para espantar a tristeza, Mário resolveu adotar outro gatinho. Ele e a Marie nos chamaram para conhecer o esperto Sacha, que, soube depois, agora se chama Antoine, em homenagem a Antoine Doinel, do filme de François Truffaut, e da música Antoine do Fábio Penna, colega de redação do Mário. O gatinho é muito fofo mesmo. Mário fez bruschettas deliciosas e Marie nos ofereceu este vinho ótimo que ela havia trazido da França na última viagem. Muito bom, leve e agradável!
Nota: 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Bonita garrafa, com estilo e bom gosto.
Exame visual: -
Exame olfativo: Senti o nariz do vinho antes de saber qual o vinho que estava degustando. Pelo nariz já dava para perceber que se tratava de um Gamay. Frutas frescas, leve e elegante. Muito bom.
Exame gustativo: Quando o vinho da uva Gamay é francês, a chance de você ter uma boa surpresa é enorme. Isto aconteceu mais uma vez com esta garrafa. Vinho muitíssimo bem trabalhado, com muita elegância e personalidade. Estilo clássico da uva Gamay, com sobores leves de frutas, e um certo frescor. Vinho muito interessante, infelizmente, como estava dirigindo, só provei uma tacinha. A Marie comentou que este produtor faz dois vinhos para a Maison Troisgos. Vale conhecer. Não sei se são importados para o Brasil.
Nota: 90.0

Nenhum comentário: