17 de janeiro de 2010

Pergunta da Semana - 151

Toda quarta-feira, publicamos aqui uma pergunta relacionada ao mundo do vinho para saber mais sobre os seus hábitos e gostos. Nesta semana, inspirados em nossa nova cafeteira elétrica, o Le Vin au Blog quer saber:

- Você costuma provar diferentes tipos de café? Utiliza alguma cafeteira em casa ou prefere degustar um café bem tirado fora de casa?

10 comentários:

Anônimo disse...

Sim, curto provar diferentes tipos de café. Tenho e sou fã da Nespresso. Fácil fazer um bom espresso, bem prática.
Carlos Reis
PS: O Expressamente vai vir dando aula... Hehehehe.

espressa-mente! disse...

Bem rápido,

Costumo dizer que "Nespresso é igual a casa em Angra..melhor que tê-la, tenha amigos que a tenha!!" :)

Cafeteira elétrica dá mais dor de cabeça que bom café! :o))

Eu por hábito e força do blog, só bebo café fora de casa.

Daca disse...

:)

ROBERTO (ANTICA OSTERIA MARINO) disse...

Olá pessoal, então vamos de café!

Meu melhor presente de casamento foi a cafeteira Norma da De Longhi.Perfeita,facílima de manusear e faz meus cafés, machiattos e capuccinos no ponto certo igual aos melhores baristas. Por comodidade e praticidade passei a usar sachet que evita desperdício de pó e sujeira. Prefiro as marcas Bravo e Astro. Em relação a Nespresso digo que que é uma evolução em relação á minha máquina e maior número de blends disponíveis no mercado, porém me dá a sensação de uma perfeição artificial no espresso como se tivesse algo secreto dentro das cápsulas (bicarbonato de sódio ou aromatizante).

Abraço a todos!

Márcia Feijó disse...

Eu adoro provar tipos diferentes de café. Diferentes na procedência e também no modo de preparar (só não curto muito os gelados). Sou apaixonada pela minha cafeteira italiana, embora ela já esteja dando seus últimos suspiros. E não sou nada preconceituosa, pois também gosto de utilizar aromatizantes. E o meu último saquinho de Goumert Café Chocolate com Trufas, carinhosamente comprado no Zonal Sul, está acabando. Hehehe!

Gourmandise disse...

Se uma máquina de espresso não fosse tão grande, tão cara, não consumisse tanta energia elétrica e não demorasse para aquecer a caldeira, teria uma em casa...
"Todos os outros métodos de se fazer café em casa são caseiros" - com defeitos e qualidades.
bjo,
Nina.

Anônimo disse...

Nespresso, ame ou odeie, mas é a melhor para ser em casa! E eles ainda conseguem blends com café diferentes do mundo todo, alguns edições limitadas.
Sou fã, prática e boa.
Carlos Reis
PS: E o Aerocchino faz uma espuma de leite perfeita.

espressa-mente! disse...

É por isso que sou amigo do carlos, ele tem uma casa em angra..ops digo, uma Nespresso! :)

Roberto, bicarbonato eu nao digo, mais algum realçador de sabor certamente! E os blends que o Carlos se refere, na verdade sao aromatizantes, dai a necessidade de algum realçador!

Nina, bela frase..vou usa-la! :)

Rafa, como está a cafeteira? Aguardo cenas dos proximos capitulos... :)

João Filipe disse...

Entrar nesse mundo do café é tambpem inebriante! Eu sempre gostei de um bom café, mas só recentemente comecei a apreciá-lo. Encontrar um café com "varietais" e "blends" especiais e diferenciados é mais dificil, então vou visitar meu genro que, não tem uma Nespresso, mas tem uma De Longhi que tira um cafézinho da hora (ele tem uma diversidade de bons sachês) e ainda mato saudades de minha filha e meu neto to be. De resto, faço como a Nina e curto meu extra-forte de filtro em casa.

Alexandre disse...

Sim, mas fora de casa. Talvez qdo tiver uma maquina boa em casa, passe a diversificar mais.

De qq forma, no final do ano passado fui convidado para uma degustação de 13 cafés de vários países. Já apreciava café, mas mudei bem meus conceitos sobre café depois daquilo.

em breve devo postar no blog a experiência.

abs!
Alexandre