24 de maio de 2009

Cadus - Syrah 2002


Nome: Cadus
Safra: 2002
País: Argentina
Região: Luján de Cuyo
Produtor: Nieto Senetiner
Site: http://nietosenetiner.com/
Importador: -

Uvas/Corte: Syrah
Teor alcoólico: 14,5%
Rolha: De cortiça, grande e com logomarca gravada
Numeração da garrafa: -
Preço: 180 pesos
Onde foi comprado: Ligier, em Buenos Aires
Quando foi comprado: 14 de fevereiro de 2008
Degustado em: 2 de maio de 2009
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Yakisoba
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Cor vermelha com reflexos violetas e grande untuosidade. Aromas que sugerem cassis e olivas, com notas de fumaça e de chocolate devido a seu tempo de permanência no carvalho. O sabor é intenso e profundo. Na boca surge um vinho estruturado, com volume, concentração e elegância, taninos aveludados. Tem uma boa integração da fruta com a madeira.

Comentário da Rafaela
Exame visual: A cor mais comum de vinho: rubi.
Exame olfativo: Arde o nariz. Achei que tinha cheiro de fumaça.
Exame gustativo: A mesma sensação de ardência sentida no nariz também se sente na boca. É adstringente, mas não chega a incomodar. Gosto de cigarro, de fumaça, meio amargo, mas, apesar de todas essas características, é um bom vinho, porém, eu esperava mais. Sempre que pensava em beber este vinho, eu pensava: será uma ótima experiência. Achei que seria uma garrafa especial. Sei lá. Não foi ruim, mas não teve todo esse estilo que eu esperava. Meu decepcionante.
Nota: 88.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Rótulo pequeno e mesmo assim marcante.
Exame visual: Rubi
Exame olfativo: Um pouco fechado e leve álcool presente. Parece que já entrou em declínio. Ameixa, compota e alguma especiaria.
Exame gustativo: Este foi um daqueles vinhos que você vai degustar com uma expectativa alta e o resultado não acompanha aquilo que você estava esperando. O vinho já está bem maduro, corpo firme, sabor intenso. Syrah com estilo bem argentino. Madeira integrada e fruta em compota. Vinho um pouco unidimensional. Vinho que funciona sozinho, não precisa de comida para acompanhar. É um bom vinho, agradável, mas sem nenhuma surpresa. Realmente esperava mais.
Nota: 87.0 +

3 comentários:

Vitor disse...

Prezados,

Tb fico chateado quando tenho grande expectativa sobre um vinho e... não é aquilo tudo. Lembro q, há alguns meses, estive com 03 garrafas de Cadus 2002 nas mãos: Syrah, Malbec e Cabernet. O preço da loja era o mesmo. Escolhi o Malbec. Parece q fiz boa escolha, pq o vinho era especial.

Abraço.

Alexandre (Diário de Baco) disse...

putz...

estou com um malbec desses só que 2004 esperando e cheio de expectaviva tb.

espero que seja diferente.

abs!
Alexandre

Anônimo disse...

com 10 anos de garrafa,frutas compota ,parece estar em declinio,acompanhado de javali assado com molho de frutas vermelhas ficou excelente,mas custa caro,com este valor tem franceses e australianos melhores.
abraços