16 de abril de 2009

Errazuriz Reserva - Carmenère 2007


Nome: Errazuriz Reserva
Safra: 2007
País: Chile
Região: -
Produtor: Viña Errazuriz
Site: http://www.errazuriz.com/
Importador: Vinci

Uvas/Corte: Carmenère 100%
Teor alcoólico: 14%
Rolha: Cortiça, tamaho médio
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 95
Onde foi comprado: Ponderox, na Barra da Tijuca
Quando foi comprado: 21 de março de 2009
Degustado em: 21 de março de 2009
Onde bebeu: Ponderox, na Barra da Tijuca
Harmonizado com: Frango desossado com batata assada (Rafaela) e Baby beef com farofa de banana da terra (Claudio)
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Vinho exótico e especial com grande corpo e notas de cereja e amoras.

Comentário da Rafaela
Exame visual: Bordô.
Exame olfativo: Logo que senti o primeiro aroma, apesar de não identificá-lo, achei que seria um vinho que eu gostaria. Lá pelas tantas, senti cheiro de pano de prato limpo, mas pode ter sido a minha imaginação. Sei lá...
Exame gustativo: Raramente bebemos vinho em restaurante, pois nos sentimos lesados quando fazemos isso - achamos os preços praticados muito fora da realidade. Bom, mas neste dia, tínhamos algumas razões para escolher um vinho e aproveitamos. Quando senti o primeiro aroma, achei que iria gostar muito, mas não foi bem assim. Um pouco porque não harmonizou em nada com o frango. Já com o prato do Claudio, carne, ele se saiu bem melhor. Não se trata de um vinho fácil como um Callia, por exemplo. Apesar de eu não ter gostado tanto, acho que se trata de um bom vinho - mesmo que eu ache R$ 95 um pouco demais para ele. Eu preferia ter bebido apenas com uns pãezinhos. Com o frango, realmente ficou esquisito. Prova de que às vezes a comida estraga o vinho.
Nota: 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Rótulo correto, equilibrado e bem feito. Sem grandes atrativos.
Exame visual: Bordô escuro.
Exame olfativo: Amoras, intenso e frutado.
Exame gustativo: Vinho de estilo moderno. Corpo médio, teve um pouco de álcool aparente no início, desapareceu depois de um tempo aberto. Vinho feito para agradar: agradável, taninos macios, equilibrado e tudo bem arredondado pel amadeira. Na boca toques achocolatados, amoras e cerejas. Não é um Carmenère muito típico. Funcionou bem com a minha ótima carne do restaurante Ponderox e não deu certo com o galeto da Rafaela. É um conjunto agradável desta boa vinícola Chilena. Vale conhecer seus vinhos.
Nota: 88.0+

Nenhum comentário: