15 de abril de 2009

Doña Dominga Reserva - Cabernet Sauvignon 2007


Nome: Doña Dominga Reserva
Safra: 2007
País: Chile
Região: Conchagua
Produtor: Vinha Casa Silva
Site: http://www.casasilva.cl/
Importador: Zona Sul

Uvas/Corte: Cabernet Sauvignon
Teor alcoólico: 13,5%
Rolha: De cortiça, tamanho médio, com logotipo Casa Silva
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 29
Onde foi comprado: Supermercado Zona Sul de Botafogo
Quando foi comprado: 20 de março de 2009
Degustado em: 20 de março de 2009
Onde bebeu: Supermercado Zona Sul de Botafogo
Harmonizado com: Pizza Quatro Estações
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Red with violet hues. On the nose, concentrated, with aromas of ripe red fruits. On the palate, full bodied, good tannins, excellent acidity and great balance between fruit and oak.
Agreeable finish.

Comentário da Rafaela
Exame visual: Cor de framboesa esmagada.
Exame olfativo: Cheiro de oficina mecânica.
Exame gustativo: Às vezes, pode-se sentir gosto de pêssego. Forte álcool no começo. Não sei por que, mas o gosto me fez lembrar em alguns momentos lá do sítio do Bom Retiro. Tive de concordar com o Claudio, o vinho apresentou também um leve gosto de pimentão. Eu não acho isso um mérito, mas não chega a afetar a qualidade do vinho. Longa permanência. Evolui depois de aberto. Toda sexta-feira, procuramos fazer algo fora de casa. Como tenho aula até as 22h40min, já fica meio tarde para alguns restaurantes. Resolvemos tentar o Zona Sul - antes desse horário é quase impossível conseguir uma mesa ali. A pizzaria funciona até a meia-noite. Foi uma boa opção. Estava bem tranquila a essa hora.
Nota: 87.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Design simples, sem grandes atrativos.
Exame visual: Violeta leve
Exame olfativo: Característico de Cabernet. Boa intensidade e com notas vegetais presentes. Pimentão.
Exame gustativo: Toda a linha de vinhos Doña Dominga é facilmente encontrada nos supermercados Zona Sul aqui no Rio. Resolvemos comer na pizzaria do próprio supermercado e abrir este Cabernet para acompanhar. No início, o vinho estava levemente "quente" e com um leve amargor. Evoluiu bem depois de um tempo aberto. Vinho de corpo médio, com notas de pimenta/pimentão e um pouco de ameixa preta. É bem feito, taninos macios, depois de evoluido, passou a apresentar notas vegetais mais presentes, característica de alguns Cabernets. Madeira bem integrada. Talvez funcione bem com um prato de sabor mais intenso, à base de carne. Não chega a ser um grande vinho, mas é correto, bem feito e agradável. Não chegou a harmonizar, mas caiu bem com a nossa pizza.
Nota: 87.0

Nenhum comentário: