6 de fevereiro de 2009

Quinta da Neve - Pinot Noir 2006


Nome: Quinta da Neve
Safra: 2006
País: Brasil
Região: São Joaquim, Santa Catarina
Produtor: Quinta da Neve
Site: http://www.acavitis.com.br/quinta_neve.html
Importador: -

Uvas/Corte: Pinot Noir
Teor alcoólico: 13,8%
Rolha: De cortiça, tamanho médio
Numeração da garrafa: -
Preço: -
Onde foi comprado: Essen Vinhos, em Florianópolis
Quando foi comprado: 26 de maio de 2008
Degustado em: 20 de janeiro de 2009 (corrigido pela Beda, havíamos colocado 2008...)
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Risotto de camarão com cogumelos
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Um Pinot Noir de incrível tipicidade varietal, um marco para a vinicultura brasileira. A tonalidade rubi de média intensidade traz reflexos intensos e vivos. Os aromas de clima frio remetem às frutas silvestres e à cereja, emolduradas por elegantes notas de carvalho francês. A boca é vibrante e harmônica, com taninos de trama muito fina que enaltecem a fruta e firmam a estrutura. Termina limpo e com ótima persistência. (Guilherme Corrêa – Sommelier)

Comentário da Rafaela
Exame visual: Bordô clarinho.
Exame olfativo: Cheio de casca de laranja.
Exame gustativo: Os catarinenses realmente sabem fazer vinhos bons! Este Quinta da Neve é leve, harmonioso, agradável ao paladar, equilibrado. Ele tem um gostinho mais forte no final, mas que não incomoda como certos vinhos que têm um amargo no fim do gole. A sensação é a mesma de quando você come algo como uma framboesa, que fica aquele leve amarguinho no final. É isso.
Nota: 89.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Este já é o novo rótulo dos vinhos Quinta da Neve. Explora muito bem o "Q" e o ícone de neve. Bem resolvido e marcante. Clean.
Exame visual: Rubi claro e transparente.
Exame olfativo: Difícil definição, mas já sentido em outros vinhos
Exame gustativo: Mais um bom vinho vindo de Santa Catarina. Este Pinot tem corpo leve, notas mais herbáceas com um final indo para algo como cereja. Boa acidez, equilibrado e um final bastante agradável. Não é um vinho tão complexo, mas tem boa intensidade e paladar interessante. Tem alguma coisa no paladar já sentida em outros vinhos vindos de Santa Catarina e que me agrada. Vale a pena observar a evolução das novas safras deste vinho. Este vinho foi escolhido para comemorar 35.000 visitas no Blog.
Nota: 87.0 +

2 comentários:

Beda disse...

Este é, sem dúvida, um dos melhores vinhos produzidos no Brasil. É uma boa surpresa, especialmente considerando que é feito com a chatinha Pinot Noir. Acho que vocês erraram na data da degustação, não??
Abraço,
Bernardo

Le Vin au Blog disse...

Beda, você tem toda razão, já vou corrigir. Obrigada! Abraços. Rafaela