13 de janeiro de 2009

Escorihuela Gascón


Nome: Família Gascón Chardonnay, Escorihuela Gascón Syrah e Escorihuela Gascón Malbec
Safra: -
País: Argentina
Região: Mendoza
Produtor: Escorihuela Gascón
Site: http://www.escorihuela.com.ar/
Importador: -

Uvas/Corte: Chardonnay, Syrah e Malbec
Teor alcoólico: -
Rolha: -
Numeração da garrafa: -
Preço: Grátis
Onde foi comprado: Gentilmente oferecido pela Bodega Escorihuela Gascón
Quando foi comprado: 16 de dezembro de 2008
Degustado em: Gentilmente oferecido pela Bodega Escorihuela Gascón
Onde bebeu: 16 de dezembro de 2008
Harmonizado com: -
Com quem: Rafaela, Chrissali, Alessandra, Cristiane, Ignácio, Nathan e Nikolas

Comentário do Produtor
-

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Este post é mais para registar a visita à Bodega Escorihuela Gascón. O passeio faz parte das atividades extras da escola de espanhol. Fomos em grupo, de bonde elétrico. A bodega fica praticamente dentro da cidade. Se quiser, dá para ir a pé, mas resolvemos pegar o ônibus (1,10 pesos). De chegada, a moça que nos recebeu já foi servindo o Chardonnay. Eu acredito que ela pensou: mais um grupo de estrangeiros estudantes de espanhol, vem aqui só para beber vinho de graca. Em parte, isso é verdade. Alguns colegas tomaram quatro taças cada. A visita foi bem rápida, com pouca informaçao, meio frustrante até depois das ótimas visitas que fizemos no Chile. A garota contou que a bodega foi fundada em 1884 e caminhou rapidamente apenas mostrando as barricas e os tanques de aço inox. De toda a forma, a visita foi muito divertida, rimos muito, pois o grupo era bem animado. Foi bom para praticar espanhol. :) Dos vinhos degustados, gostei mais do Malbec, foi o mais equilibrado, apesar de o branco ser bem refrescante em uma dia de quase 35 graus.
Nota: -

* Um dia depois de nossa visita, a vinícola pegou fogo. Segundo as notícias dos jornais, se perdeu mais de 30% da empresa. Triste notícia.

Um comentário:

Gourmandise disse...

Tempo atrás degustamos o Miguel Escorihuela Gascón 2000 que um amigo trouxe de lá. Estava fantástico!
bjo,
Nina.