16 de novembro de 2008

Turning Leaf - Pinot Noir 2006


Nome: Turning Leaf
Safra: 2006
País: Alemanha
Região: -
Produtor: Turning Leaf Modesto
Site: http://www.turningleaf.com/home.asp
Importador: -

Uvas/Corte: Pinot Noir
Teor alcoólico: 12,5%
Rolha: sintética, curtinha, com logomarca impressa
Numeração da garrafa: -
Preço: Gentilmente oferecido por Lê
Onde foi comprado: Califórnia, nos Estados Unidos
Quando foi comprado: agosto de 2008
Degustado em: 3 de novembro de 2008
Onde bebeu: Em casa
Harmonizado com: Penne à Bolonhesa
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
It's delicious, with aromas and flavors of ripe cherries, raspberries and subtle spice. Open a bottle with your take-out Thai ginger beef, or enjoy a glass with a tender slice of roast pork.

Comentário da Rafaela
Exame visual: Clarinho, translúcido.
Exame olfativo: Cheiro de maçã, parece cheiro de vinho rosé.
Exame gustativo: Não se influenciada pelo cheiro, pelo gosto ou pelo país de origem, este vinho me lembrou muito os vinhos de maçã que uma ou outra vez bebi em Frankfurt quando morei lá - na região, mas principalmente em Frankfurt, é comum as pessoas pedirem uma jarra de Apfelwein ou Apfelwoi, como dizem os moradores no dialeto hessisch. Este vinho é muito leve, parece mais um vinho rosé, simples. Ah, devo dizer que a massa estava fantástica. Sou obrigada a comer uma porção de carne vermelha por semana por causa da baixa taxa de B12 e desta vez valeu a pena. O molho à bolonhesa que o Claudio preparou estava perfeito.
Nota: 86.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Rótulo equilibrado e bonito.
Exame visual: Rubi, bem clarinho.
Exame olfativo: Muita maçã e toques de cereja. Ao fundo um pouquinho de álcool.
Exame gustativo: Meu primo Lê mora na Califórnia. Já fazia algum tempo que ele não vinha ao Brasil. Em agosto passado, ele me falou que viria. Tinha passado para a Paty, irmã do Lê, e que também mora por lá, uma lista com sugestões de alguns bons vinhos californianos que ela procuraria e mandaria os vinhos pelo Lê. Ela não conseguiu achar nenhum vinho da tal lista e na véspera de embarcar ele me perguntou se eu queria que ele trouxesse algum outro vinho. Ele disse que iria passar numa loja perto da casa dele e que poderia comprar. Falei para ele escolher algum californiano da uva Zinfandel que estaria ótimo. Ele me alertou que não entendia nada de vinho, muito menos de escolher na loja. Encorajei ele para comprar na sorte. Dias depois nos encontramos aqui no Rio. Foi muito bom revê-lo. Colocamos o papo em dia e ele me presenteou com duas garrafas de vinhos: um Zinfandel e um vinho alemão da uva Pinot Noir, este Turning Leaf. Esta vinícola também produz vinhos na Califórnia, mas o Lê acabou trazendo um vinho da Alemanha. O Turning Leaf é um vinho bastante leve. Lembra muito vinhos rosés. Na boca ele acompanha o nariz: toques de frutas como maçã e cereja. Vinho simples, mas sem arestas com final curto porém agradável.
Nota: 86.0

Nenhum comentário: