20 de novembro de 2008

Don Abel Premium - Merlot 2005


Nome: Don Abel Premium
Safra: 2005
País: Brasil
Região: Casca, Serra Gaúcha
Produtor: Vinícola Don Abel
Site: http://www.donabel.com.br/
Importador: -

Uvas/Corte: Merlot 100%
Teor alcoólico: 14,0%
Rolha: De cortiça, de tamanho médio e estreita. Logomarca gravada.
Numeração da garrafa: -
Preço: R$ 30
Onde foi comprado: em Caxias do Sul, na loja Tumelero, pela Rafaela
Quando foi comprado: 6 de maio de 2008
Degustado em: 11 de novembro de 2008
Onde bebeu: Em casa, no Rio de Janeiro
Harmonizado com: Lombo de porco com arroz integral variado e salada
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
Merlot Premium – Vinho Fino Tinto Seco - Safra 2005 , premiado na XIII Avaliação Nacional de Vinhos Finos, Medalha de ouro no III Concurso Internacional de Vinhos do Brasil. Elaborado com uvas 100% Merlot, cultivadas em vinhedos próprios. Apresenta cor vermelho violáceo, de sabor intenso, paladar aveludado e encorpado. Um vinho potente e com aroma de frutas vermelhas e baunilha. Sem madeira e sem adição de açúcar. Servir entre 16 e 18 graus.

Comentário da Rafaela
Exame visual:
Cor intensa, escura, puxando para um bordô.
Exame olfativo: Cheiro de lavanda e de velho mundo.
Exame gustativo: Nos dois anos em que estou morando no Rio, fui duas vezes ao Rio Grande do Sul e nas duas vezes voltei com uma garrafa do Don Abel Premium. Claudio sugeriu que o degustássemos um ano depois da primeira garrafa - aquela foi degustada em 7 de novembro de 2007. Não deu para ser exatamente no dia, mas ficou perto. O vinho continua bastante bom. Não perdeu o vigor com mais um ano de guarda. Até me pareceu melhor do que a da outra vez. É um vinho fácil de beber, apesar do estilo velho mundo. Em um primeiro momento, achei que ele estava meio sem gosto, mas logo depois melhorou bastante. Só não aprovei muito com a comida. Ficou meio ácido, mas para ser bebido sozinho, serviu muito bem. Este jantar foi feito depois de horas na cozinha. Fomos à feira na segunda e compramos muitos tomates, que ontem se transformaram em um molho de tomate, seguindo uma receita me dada pela Nina. Não vejo a hora de usar o molho numa supermassa. O Don Abel é meio pesado e precisa ser degustado com bastante água. Tem 14% de álcool, que, apesar de bem integrados, parecem ser 16%, mas nada que alguns copos de água não resolvam. Ou uma aspirina no dia seguinte...
Nota: 88.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Este vinho merecia uma nova programação visual. Rótulo desequilibrado e feio. Não combina com o vinho.
Exame visual: Diferente tom grená bem amarronzado.
Exame olfativo: Nariz bastante vegetal com toques de carne crua. Leve álcool ao fundo.
Exame gustativo: Degustamos um Don Abel Merlot em novembro de 2007. Como tínhamos gostado do vinho, compramos uma outra garrafa e resolvemos beber 1 ano depois da primeira. E o resultado continuou bom, ou melhor um pouco. O Don Abel suportou bem mais um ano de vida sem dar nenhum sinal de declínio, muito pelo contrário. Estilo velho mundo, é um Merlot bastante agradável. Um vinho para se acompanhar comida. Tentamos fazer uma harmonização com carne de porco. Vinho de corpo médio, final levemente quente. Sabor intenso e bastante agradável. Um ano depois continua um bom vinho. Não achei pesado como a Rafaela descreveu. Assim como no ano passado, apresentou depósitos na garrafa.
Nota: 87.0+

Nenhum comentário: