11 de julho de 2007

Salton Volpi Merlot 2004




















Nome:
Salton Volpi
Safra: 2004
País: Brasil
Região: Tuiuty
Produtor: Vinhos Salton
Site: http://www.salton.com.br/

Uvas/Corte: Merlot 100%
Teor alcoólico: 12,2%
Preço: R$ 17,85
Onde foi comprado: Supermercado Mundial, no Rio de Janeiro
Quando foi comprado: 10 de julho de 2007
Degustado em: 10 de julho de 2007
Onde bebeu: Em casa, no Rio de Janeiro
Harmonizado com: Pizza
Com quem: Claudio e Rafaela

Comentário do Produtor
A vinificação é realizada com seleção manual de uvas (cachos e grãos), fermentação com leveduras selecionadas e com extração de aroma e sabor a baixas temperaturas com macerações prolongadas. O vinho foi envelhecido em bordalesas de carvalho frances e americano 50/50 e depois de engarrafado teve envelhecimento em garrafa.
Cor roxo intenso, com reflexos violáceos. Aromas de frutas vermelhas como cereja e framboesa, frutas negras como ameixas passas, cassis e amoras, especiarias, baunilha, chocolate e café. Sabor macio e intenso, de excelente retrogosto e grande permanência de sabor.
Temperatura de Consumo - 15ºC a 18ºC

Comentário da Rafaela
Exame visual: Magenta, bastante denso. Bonita cor.
Exame olfativo: Apesar de ter cheiros conhecidos e até meio óbvios e de já tê-los sentido em outras degustações, não consegui identificá-los precisamente. Há um caramelo no final.
Exame gustativo: Este vinho pareceu pizza dormida... ficou melhor no dia seguinte. Não sei se porque estava fora da temperatura certa ou porque provei apenas um pouquinho quando ainda estava mais quente, mas não gostei tanto assim do vinho na primeira noite que o bebemos. Hoje, porém, no dia seguinte e com alguns graus a menos, ficou bem melhor. O ácido no final, porém, continuou incomodando. Não combinou muito bem com a pizza semi-margherita que comi junto com as primeiras taças - ah, preciso registrar aqui que não bebemos a garrafa toda porque ainda tínhamos um programão pela frente: a pré-estréia de Harry Potter e a Ordem de Fênix, em uma sessão no primeiro minuto do dia 11 de julho. Bom, mas apesar do amarguinho do final, ele deixa um gosto bem agradável na boca. É um vinho com preço muito bom e pode valer a pena ter em casa para acompanhar refeições mais prosaicas.
Nota: 86.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Tinha tudo para ser um grande rótulo: uma obra do artista brasileiro Alfredo Volpi ilustra o rótulo. Contudo, a colocação do lettering tornou o rótulo pesado e sem estilo, empurrando o vinho para uma categoria abaixo do que realmente ele é. Merecia ser revisto.
Exame visual: Uma bela cor violeta/roxo bastante intenso e brilhante. Tinge a taça.
Exame olfativo: Rico aroma de frutas vermelhas e final de baunilha com madeira. Muito interessante e muito difícil de se achar num vinho nesta faixa de preço. Pelo nariz, você diria que é um vinho mais caro.
Exame gustativo: Nosso amigo do blog Vinho para Todos já tinha nos indicado este vinho e nesta semana li uma entrevista com o presidente da ABS-SP que também recomendava este vinho. Resolvemos comer uma pizza em casa no Dia da Pizza e para acompanhar resolvemos comprar esta garrafa que estava em promoção no supermercado por cerca de R$ 18,00. Já tinha provado uma taça deste vinho quando estive em São Paulo no mês passado e fui a uma pizzaria com meu primo Oswaldo e a Érica. Tinha gostado. O primeiro contato do vinho na boca é surpreendente. Vinho de boa estrutura. Uma aresta percebida foi um amargo do meio para o seu final. Acredito que isso apareceu pela harmonização com a pizza, ou o molho usado nela. Provamos uma outra taça do mesmo vinho no dia seguinte com outra comida e estava bem melhor. A adstringência foi aparecendo e nas últimas taças ele já deixava a boca um pouco seca. Deve ser bebido a uma temperatura de 16-17º. Ficou mais agradável do que a uma temperatura de 20º. De qualquer forma, é uma garrafa que mostra a preocupação da Salton em fazer um vinho de qualidade para todas as faixas de preço. Sem dúvida, é uma ótima compra que vale ser provada. Fica a curiosidade de provar o Merlot Desejo, linha premium desta mesma vinícola.
Nota: 86.0-87.0

4 comentários:

Vinho para Todos disse...

Amigos, comprei ontem um Periquita 2004. Não o conheço ainda, porque a safra 2003 é que vinha sendo vendida no Brasil. Tenho curiosidade de experimentá-lo. É um vinho popular e acessível, de modo que nenhum participante da confraria terá dificuldade de encontrá-lo. Pode ser? Se acharem que é "popular demais", podemos trocar.
Abraço.

Vinho para Todos disse...

Outra sugestão para nossa degustação do mês: MIOLO RESERVA PINOT NOIR 2005. Podem escolher entre este e o Periquita 2004. Se preferirem outros, podemos "negociar".
Abraço.

gerson disse...

olá, como não achei o Volpi, ontem bebi um Salton merlot reserva especial 2004, R$11,75, achei muito bom.

VASCOncelos disse...

Semana passada bebi pela primeira vez um Salton Clasic Merlot em promoção por 11,90. Tenho que admitir que ficou abaixo das minhas expectativas, mesmo sendo a linha mais básica da Salton. Vale mais a pena um Concha y Toro Reserva que comprei em promoção por R$12,90 no Mundial.Mas ainda vou experimentar o Volpi, um Talento ou Desejo.