25 de junho de 2007

Indaba Merlot 2004




















Nome:
Indaba
Safra: 2004
País: Africa do Sul
Região: Western Cape
Produtor: Indaba Wines
Site: http://www.indaba.co.za/

Uvas/Corte: Merlot 100%
Teor alcoólico: 13.5%
Preço: R$ 19,00
Onde foi comprado: Supermercado Zona Sul
Quando foi comprado: 22 de junho de 2007
Degustado em: 22 de junho de 2007
Onde bebeu: Casa do Mario
Harmonizado com: Pães, salame, azeitonas, pizza
Com quem: Claudio, Rafaela, Ricardo, Raquel e Mario

Comentário Produtor
Whiff of blue and black berries with just a hint of chocolate mint. Wood tannins slightly firm, expected to soften up with age.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: Cheiro de mel.
Exame gustativo: Logo que bebi, senti gosto de capuccino. O engraçado veio logo em seguido, quando o Claudio começou a me falar que o vinho estava com gosto esquisito. Claro - pensei - tem gosto de chocolate! E o Claudio não é um dos maiores fãs de chocolate. Raquel e eu gostamos mais, mas Ricardo e Mario também aprovaram. Estava gostoso, combinou com o clima da noite, que acabou em frente ao computador, ouvindo o podcast do mário, com o funk da Sharapova - você deveriam ver: http://globoesporte.globo.com/ESP/0,,GEN326-6081,00.html.
Nota: 86.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Primeiro vinho que degustamos em que o rótulo é impresso diretamente na garrafa. Isto confere um ar de modernidade a garrafa. Gostava da garrafa antiga deste mesmo vinho que buscava um ar mais rústico, mais "africano" para o rótulo. Assim como o rótulo do último australiano comentado, é uma nova concepção para vinhos.
Exame visual: Tom bordô escuro.
Exame olfativo: Lembra um pouco aquele cheiro característico de Cabernets.
Exame gustativo: Tinha bebido este mesmo Indaba de uma safra anterior e tinha recordações de ser um vinho agradável. Estava querendo testar a safra 2004 e resolvemos comprar. O vinho estava bastante diferente daquilo que recordava da safra anterior. Vinho de sabor final muito marcante, como um café expresso extremamente forte ou um chocolate escuro. Não me agradou muito pelo fato de não gostar de chocolate. De qualquer forma é um vinho com personalidade, uma boa estrutura. Nota-se os taninos e a maior característica é o seu final forte e com uma boa permanência. Me pareceu um vinho com mais rústico, sem madeira e sem excesso de açúcar.
Nota: 86.0+

Nenhum comentário: