21 de maio de 2007

Three Steps Shiraz 2004



















Nome:
Three Steps Premium
Safra: 2004
País: Austrália
Região: Hunter Valley
Produtor: Three Steps Vineyards
Site:

Uvas/Corte: Shiraz 100%
Teor alcoólico: 13%
Preço: R$ 42,00
Onde foi comprado: Salitre
Quando foi comprado: 15 de maio de 2007
Degustado em: 15 de maio de 2007
Onde bebeu: Salitre - Leblon
Harmonizado com: Tábua de queijos e frios, Bruschettas
Com quem: Claudio, Rafaela, Miguel e Paula

Comentário do Produtor
This Shiraz is rich deep plum in colour and shows inky consistency. Thick in spice and plum flavours that are well balanced with integrated oak treatment. The palate imparts a rich mocha intensity with a long finish. The wine is delightful drinking now or will reward up to 5 years cellaring.

Comentário da Rafaela
Exame visual: -
Exame olfativo: -
Exame gustativo: Se este tivesse sido o único vinho da noite, talvez eu o tivesse achado um pouco melhor, mas degustado junto com Artero - próximo a ser comentado aqui no blog -, ele ficou para trás. Não era um vinho ruim, mas achei o gosto muito agressivo. Sinceramente, não fiquei com muita vontade de prová-lo novamente, algo bem diferente do outro.
Nota: 85.0

Comentário do Claudio
Rótulo:
Gosto desta garrafa. O rótulo é formado por duas partes distintas. Na parte principal poucos elementos que conseguem mesclar modernidade e tradição. As cores usadas combinam com a tonalidade do vinho. A segunda parte do rótulo é quase um selo, um adesivo de certificação. O conjunto ficou harmônico.
Exame visual: -
Exame olfativo: Um cheiro doce, baunilha e um pouco de floral.
Exame gustativo: O vinho deveria ter sido aberto antes de degustarmos, como não fizemos isto, notamos um pouco de gás carbônico no início. Com o tempo foi melhorando e com alguns frios da tábua ele se comportou melhor. Acredito que com um prato de carne o vinho possa crescer. Um vinho jovem de sabor peculiar e com um leve amargo. Um vinho interessante sem ser marcante. Como disse o Miguel, um vinho "divertido". Foi o primeiro vinho da noite. Temos que provar um Shiraz australiano mais encorpado agora.
Nota: 86.0 +

Nenhum comentário: